Siga o OTD

Planeta Ippon

Com Mayra, Brasil disputa Slam de Dusseldorf a partir desta sexta

Competição vale mil pontos para o campeão no ranking mundial, que serve de base para a distribuição das vagas nos Jogos Olímpicos

Mayra Aguiar no Mundial de Judô
(Roberto Castro/rededoesporte.gov.br/arquivo)

O carnaval do judô no ano olímpico será no tatame. A partir de sexta-feira (21), a seleção brasileira disputará o Grand Slam de Dusseldorf, na Alemanha, que distribuirá aos campeões mil pontos no ranking mundial classificatório para Tóquio 2020.

A competição marca a estreia de Mayra Aguiar (78kg) na temporada 2020 depois de um 2019 recheado de conquistas. A primeira luta dela no ano estava prevista para o aberto de Bratislava, na Eslováquia, o que acamou não ocorrendo. No ano passado, ela venceu o Grand Slam de Dusseldorf.

Além de Mayra, a seleção feminina lutará com Gabriela Chibana (48kg), Nathália Brígida (48kg), Sarah Menezes (52kg), Eleudis Valentim (52kg), Ketelyn Nascimento (57kg), Ketleyn Quadros (63kg), Aléxia Castilhos (63kg), Maria Portela (70kg), Ellen Santana (70kg), Maria Suelen Altheman (+78kg) e Beatriz Souza (+78kg).

Mayra Aguiar, da seleção brasileira, foi campeã do Grand Slam de Dusseldorf de judô em 2019
Mayra ganhou em Dusseldorf no ano passado (Gabriela Sabau/IJF)

O time masculino terá Eric Takabatake (60kg), Felipe Kitadai (60kg), Daniel Cargnin (66kg), Eduardo Katsuhiro (73kg), Charles Chibana (73kg), Eduardo Yudy (81kg), Victor Penalber (81kg), Rafael Macedo (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Buzacarini (100kg), Rafael Silva (+100kg) e David Moura (+100kg).

Treino de luxo

Atual número 2 do ranking mundial, Mayra, assim como os demais judocas da seleção brasileira, segue um planejamento individualizado e participou dos treinamentos de campo de Paris e Oberwart nas últimas semanas para chegar pronta no torneio de judô da Alemanha.

“Nesse começo de ano eu gosto de fazer uma base mais forte na preparação física e depois entrar pro tatame. Eu já consegui treinar bem em Paris, onde peguei algumas das minhas principais adversárias, e estou finalizando a preparação agora na Áustria”, detalhou Mayra. “Já consegui acostumar com o fuso-horário europeu nesse período e estou pronta para lutar.”

+ SIGA O PERFIL DO OTD NO TWITTER

Em 2019, Mayra conquistou o ouro do Grand Slam de Dusseldorf vencendo a anfitriã Anna Maria Wagner, na final. Neste ano, chega como cabeça de chave número um e a alemã como número dois.

Mayra prefere encarar a disputa como mais uma etapa de preparação para o objetivo final, que são os Jogos Olímpicos. “É quase um treino de luxo e, claro, uma competição importante. Eu venci ano passado e sei como é bom poder vencer uma competição desse nível. Então, me preparei bastante e vou com muita vontade de chegar lá bem”, projeta.

Além do ouro de Mayra, em 2019, a campanha da seleção brasileira de judô em Dusseldorf teve ainda a prata de Rafaela Silva (57kg) e os bronzes de Ellen Santana (70kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg).

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Planeta Ippon