Siga o OTD

Ginástica Artística

Ginástica artística conquista três medalhas em Cochabamba

Ginástica artística conquista três medalhas em Cochabamba

Ouro por equipe e prata e bronze no all around marcaram a estreia do país na ginástica artística nos Jogos Sul-Americanos

O Brasil conquistou três medalhas na ginástica artística no primeiro dia de competição dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, na Bolívia. Na estreia da Seleção Masculina, o País garantiu o ouro por equipe, uma prata com Caio Souza e um bronze com Francisco Barretto no all around.

Como era de se esperar, a Colômbia foi o principal adversário do Brasil, tanto que o ouro no individual geral ficou com o colombiano Jossimar Calvo (82,400). Mas, Caio Souza e Francisco Barretto fizeram bonito e colocaram o Brasil no pódio em uma dobradinha verde e amarela. Caio somou 81,500 pontos e Francisco 80,850.

Na competição por equipe, os brasileiros foram soberanos. Unindo a experiência de alguns atletas com a juventude de outros, alcançaram o primeiro lugar com 326,700 pontos. Os colombianos vieram em seguida, com 323,150, e a Argentina em terceiro, com 311,200.

Na disputa do cavalo com alças Francisco fez 14,250, Péricles da Silva 14,050, Leonardo de Souza 13,450, Caio 13,400 e Luis Porto 13,250. No solo, Luís somou 13,650, Francisco 13,200, Arthur Zanetti 12,900, Leonardo 12,400 e Caio 12,000.

No salto, Arthur obteve 14,250, assim como Caio, Luís fez 14,150, Leonardo 13,800 e Francisco 13,650. Nas paralelas, Caio se saiu muito bem com 14,700, Péricles 14,150, Francisco 13,750, Luis 13,250 e Leonardo 13,200.

Na barra fixa Francisco somou 13,600, Caio 13,150, Péricles 12,950, Leonardo 12,750 e Luís 12,150. E, nas argolas, Arthur 14,600, Caio 14,000, Péricles 13,200, Leonardo 12,850 e Francisco 12,400.

Amanhã será a vez do início da disputa feminina. A Seleção Feminina, composta por Anna Júlia Reis, Carolyne Pedro, Flávia Saraiva, Jade Barbosa, Luiza Domingues e Thaís Fidelis competem na primeira subdivisão, com início às 15h30, e também no primeiro dia terão a definição das medalhas no all around e por equipe, além da classificação por aparelhos.

Programação
*Horário de Brasília

Segunda-feira (28)
15h30 – GAF – Classificatórias por aparelhos, competição all around e por equipe subdivisão 1
18h – GAF – Classificatórias por aparelhos, competição all around e por equipe subdivisão 2
20h30 – Premiação All around e por equipe

Terça-feira (29)
Finais por aparelhos
16h – GAM – solo, cavalo com alças e argolas
16 – GAF – salto e barras assimétricas
19h – Premiação por aparelhos

Quarta-feira (30)
Finais por aparelhos
16h – GAM – salto, paralelas e barra fixa
16h – GAF – trave e solo
19h – Premiação por aparelhos

Mais em Ginástica Artística