Siga o OTD

Brasil perde para Alemanha no curling - Jogos de Inverno da Juventude - Foto: OIS/Jed Leicester

Jogos Olímpicos de Inverno

No curling, Brasil perde para Alemanha por 15 a 1

O Brasil não começou bem a sua participação nos Jogos Olímpicos da Juventude 2020, em Lausanne, Suíca. A equipe mista perdeu por 15 a 1 para a Alemanha

Foto: OIS/Jed Leicester

No curling, Brasil perde para Alemanha por 15 a 1

O Brasil não começou bem a sua participação nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2020, realizados em Lausanne, Suíça. Nas equipes mistas do curling, o quarteto brasileiro formado por Vitor Melo, Letícia Cid, Michael Velve e Gabriela Rogic Farias foi derrotado por 15 a 1 pelo quarteto alemão.

O time brasileiro sofreu pontos em 5 dos 6 ends disputados na partida. Foram dois no primeiro, um no segundo, três no terceiro e quatro no quarto. O ponto de honra da equipe verde e amarela veio no quinto end.

Foi a partida com o placar mais elástico dentre os 12 jogos de curling disputados nesta sexta-feira (10).

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

O resultado deixa o Brasil na última posição no grupo B, que conta com Alemanha, Hungria, Suíça, China e Dinamarca. Além da Alemanha, Hungria e Suíça venceram nesta sexta-feira.

O time brasileiro de curling retorna nesse sábado, 10, contra a China, às 10hs do horário de Brasília. A Alemanha enfrentará a Dinamarca.

O Brasil em Lausanne 2020

O Time Brasil em Lausanne conta com 12 atletas, de 6 modalidades: biatlo, curling, esqui cross country, monobob, snowboard cross e skeleton.

– Noah Bethonico (snowboardcross)
– Manex Silva (esqui cross-country)
– Rhaick Bonfim (esqui cross-country)
– Taynara da Silva (biatlo e esqui cross-country)
– Eduarda Ribera (esqui cross-country)
– Lucas Carvalho (skeleton)
– Larissa Cândido (skeleton)
– Gustavo Ferreira (monobob)
– Gabi Farias (curling)
– Michael Velve (curling)
– Vitor Melo (curling)
– Leticia Cid (curling)

Os Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude

Os Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude Lausanne 2020 contarão com um número igual de atletas masculinos e femininos. Cerca de 1.880 atletas, de 70 países, competirão em 8 esportes, sendo 16 disciplinas. Ao todo, são 81 eventos de medalhas durante os 13 dias de competição. Além dos esportes olímpicos de inverno tradicionais, como esqui alpino, biatlo, esqui cross-country, curling, patinação artística, esqui freestyle, hóquei no gelo, luge, combinado nórdico, patinação de velocidade em pista curta, skeleton, salto de esqui, snowboard e patinação de velocidade, Lausanne 2020 contará com outros específicos como monobob e esqui de montanhismo.

Lausanne 2020 será a terceira edição dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude. A primeira edição foi realizada em 2012, em Innsbruck, na Áustria. O evento reuniu cerca de mil atletas de mais de 60 países, disputando 15 modalidades esportivas. O Time Brasil foi representado por dois atletas de 15 anos: a paulista Eliza Nobre, 42ª no slalom gigante; e pelo cearense Tobias Macedo, 33ª posição no geral do slalom especial, e em 9º entre os atletas de sua idade, sendo o melhor sul-americano.

Lillehammer 2016 reuniu cerca de 1.100 atletas de 70 países disputaram 15 modalidades, algumas com formato inédito. O Time Brasil foi representado por dez atletas: Altair Firmino, no esqui cross country; Michel Macedo, no esqui alpino; Laura Nascimento e Robert Barbosa, no skeleton; Jéssica Victoria e Marley Linhares, no monobob; e uma equipe de curling formada por Elian Rocha, Giovanna Barros, Raissa Rodrigues e Victor Santos.

Mais em Jogos Olímpicos de Inverno