Siga o OTD

rodrigo lambre hipismo saltos

Hipismo

Rodrigo Lambre não pega pódio, mas se destaca no México

Cavaleiro da seleção brasileira de hipismo saltos, Rodrigo Lambre abre semana no Concurso 3 estrelas de La Puebla

(Instagram/Rodrigolambre/arquivo)

Rodrigo Lambre não pega pódio, mas se destaca no México

Foi dada a largada para mais uma semana de disputas no hipismo de saltos internacional. Pelo Concurso 3 estrelas de Puebla, no México, Rodrigo Lambre foi o melhor brasileiro, mas passou longe das primeiras colocações.

Além de Rodrigo Lambre, que foi ouro com a seleção brasileira no Pan de Lima-2019, François da Silva e Bruno Rebello também entraram em ação no concurso mexicano, só que sem muito destaque.

Além do Concurso de Puebla, no México, o Concurso de Wellington, nos EUA, também iniciou suas provas nesta quarta-feira (27), mas nenhuma delas com o prestígio de ser 3 estrelas.

Contudo, a quinta-feira (28) promete ser agitada, já que teremos provas de hipismo saltos 3 estrelas em Puebla e em Wellington.

Arriba!

Foram realizadas duas provas 3 estrelas no Concurso de Puebla, no México. Na primeira, com obstáculos a 1,30 m e em duas fases, Rodrigo Lambre, montando Chacciama, terminou no 17º lugar.

O conjunto brasileiro tinha boas chances de pódio, mas acabou não competindo no desempate.

rodrigo lambre la puebla
(Instagram/Rodrigolambre/arquivo)

Nesta mesma prova, François da Silva e Azteca terminaram no 27º lugar e não se classificaram para o desempate.

Já na segunda prova 3 estrelas do dia, também em duas fases, mas com obstáculo a 1,40m/1,45 m, Rodrigo Lambre competiu com duas montarias diferentes.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Com J’adore Van Het Klinkhof, o cavaleiro brasileiro terminou no 13º lugar após a disputa do desempate. Já com Chapilot, foi o 14º colocado.

Bruno Rabello também disputou a prova com duas montarias. O cavaleiro foi o 21º montando Armentos, e o 22º com Chabello.

Mais em Hipismo