Siga o OTD

Francisco Musa -Copa das Nações de Hipismo

Hipismo

Francisco Musa é sétimo em dia ruim dos brasileiros

Em um sábado de pouco brilho para o hipismo brasileiro, Francisco Musa é destaque com uma sétima colocação num concurso quatro estrelas

Francisco Musa é sétimo colocado em dia de pouco brilho para o Brasil (Divulgação CBH)

Francisco Musa é sétimo em dia ruim dos brasileiros

O sábado foi mais um dia agitado para o hipismo salto brasileiro em competições internacionais. Representado em uma série de competições europeias, o melhor resultado brasileiro no dia foi conquistado por Francisco Musa, que obteve a sétima colocação na prova do Conjunto de Saltos Internacionais de nível 4 estrelas no contra-relógio com obstáculos de 1,40 m em Vilamoura, Portugal.

O cavaleiro conseguiu o resultado na principal prova do dia em Portugal ao montar Corlensky Imperio Egipcio e fechar o percurso em 73s32. O país ainda esteve representado na prova por Pedro Muylaert (37º colocado), Camila Mazza (49º), Flavio Abreu (54º), Felipe Amaral (60º) e Yuri Mansur (64º).

+ Rodrigo Pessoa, Pedro Veniss e Leandro Abrahão foram campeões na sexta

Sérgio Azevedo Cunha foi outro destaque do dia com a sexta colocação na prova do CSI 1*de duas fases com obstáculos de 1,10 m. A prova contou ainda com as participações das amazonas Maria Elisa Conceição (24ª), Marta Johannpeter (26ª) e Isabella Vendramine (33ª).

Em outra prova de nível 4 estrelas, no CSI 4* por acúmulos de pontos em obstáculos de 1,30m, Felipe Amaral, Francisco Musa e Flávio Abreu não obtiveram tanto destaque e fecharam na 26ª, 30ª e 42ª posições, respectivamente.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Felipe Amaral e Maria Elisa Conceição ainda disputaram a prova de duas fases do CSI1* com obstáculos de 1,20m e obtiveram a 23ª e 45ª colocações, respectivamente.

Pouco brilho

O hipismo brasileiro ainda esteve representado em outros dois países, porém sem grande destaque. Em Valência, na Espanha, Pedro Veniss participou da prova do CSI2* com obstáculos de 1,40m e ficou na 28ª colocação.

Já em Opglabbeek, na Bélgica, Fernando Chiarotto Penteado ficou apenas na 30ª colocação e Leandro José Abrahão foi eliminado da prova contra-relógio do CSI2* com obstáculos de 1.35m.

Mais em Hipismo