Siga o OTD

Francisco Musa

Hipismo

Brasileiros ficam entre os quatro melhores em torneios na Europa

Francisco Musa e André Américo de Miranda ficam em quarto lugar nas competições na Europa

Francisco Musa e André Américo de Miranda ficam entre os quatro na França e na Alemanha (Moises Basallote/divulgação)

Brasileiros ficam entre os quatro melhores em torneios na Europa

Neste domingo (16), três competições internacionais de hipismo com participação brasileira chegaram ao fim. Os destaques vieram da França e da Bélgica, com Francisco Musa e André Américo de Miranda ficando com o quarto lugar.

No jump-off em duas fases com obstáculos até 1,45 m em Deauville, o destaque foi Francisco Musa. Montando Catch me Imperio Egipcio, o cavaleiro brasileiro fechou a primeira parte com 73s57 e a segunda com 37s81, ambas sem cometer penalidades, e foi o quarto colocado. 

Na mesma prova, Pedro Muylaert ficou mais longe das primeiras colocações. Montando Townhead Liberty V, o brasileiro terminou sua participação na 32ª colocação. 

+SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Pedro Muylaert também competiu na França (Divulgação/CBH)

Brasil bem na Bélgica

Na Bélgica, os brasileiros tiveram resultados bons. Disputando um torneio internacional em Lier, André Américo de Miranda, que foi ouro no sábado, foi um dos destaques. Fazendo conjunto com Hilfinger Van De Zuuthoeve, o brasileiro foi o sexto colocado na disputa com cavalos até sete anos contra o relógio com a marca de 89s73. 

Maria Eliza Gonzaga foi bem. Montando Zapping, a brasileira completou o percurso em 29s69, com quatro pontos em penalidades, e foi a nona colocada na prova com obstáculos até 1,10 m. 

+ Stefani e Carter são campeãs do WTA de Lexington

Na prova com cavalos até seis anos com junm-off em duas fases contra o relógio, Nando de Miranda foi o melhor. Montando Cat Noir, o brasileiro fechou a primeira fase com 83s48, sem penalidades, e a segunda com 41s43, com quatro pontos em penalidades. Com isso, o atleta foi o 11º colocado. 

Na disputa com obstáculos até 1,40 m em duas fases, o melhor representante do Brasil foi Nando de Miranda. Fazendo conjunto com Haioba, o cavaleiro fez a marca de 60s13, na primeira parte, e 57s20, na segunda. Com isso, Nando foi o 22º colocado. 

+ Húngaro levou ouro após perder mão em acidente com granada

Na prova com jump-off contra o relógio com obstáculos até 1,45 m, Fernando Penteado foi o único atleta do país. Montando Invisible Star, o brasileiro completou o percurso em 80s40, com oito pontos em penalidade e foi o 31º.

Longe do pódio na Alemanha

No último dia de competição na Alemanha, Karina Johannpeter acabou fora do pódio. Competindo em Riesenbeck, a amazona fez conjunto com Escape-Adventure e foi a 25ª colocada na disputa com obstáculos até 1,45 m, com a marca de 75s77 e um ponto em penalidade. 

Mais em Hipismo