Siga o OTD

Hipismo

Na França, Marlon Zanotelli ganha a principal prova do dia

Em prova 5 estrelas do Concurso de Salto Internacional, Marlon Zanotelli vence disputa em St. Tropez e hipismo brasileiro segue fazendo bonito na França

Marlon e Edgar VDL a caminho da vitória (Hubside Jumping)

Na França, Marlon Zanotelli ganha a principal prova do dia

A sexta-feira (3) teve um excelente resultado para o hipismo brasileiro na França. Montando VDL Edgar, Marlon Zanotelli faturou a principal prova no Concurso de Salto Internacional 5 estrelas de St. Tropez e levou de prêmio cerca de R$ 97 mil.

Chancelada pela FEI (Federação Equestre Internacional), a disputa contou com obstáculos a 1,55 m e muitos conjuntos de qualidade. Para se ter ideia, dos 49 que disputaram, 20 foram para o desempate.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Agradeço a minha equipe e aos proprietários do VDL Edgar M. Ele é um cavalo excepcional e foi uma pena a gente ter deixado ter competir nesse primeiro semestre, pois ele estava em ótima forma. Hoje, senti que poderíamos dar o nosso melhor. Assisti ao desempate do Holly Smith. Na linha do obstáculo nº 3 para o nº 4, eu havia planejado oito lances, mas vi que o Holly deu sete. Então também tentei e essa era a opção certa”, finalizou o brasileiro.

Marlon Zanotelli zerou o percurso e anotou o tempo vencedor de 38s30. A 2ª colocação foi do britânico Holly Smith, com Denver, seguido pelo belga Jérome Guery, com Quel Homme de Hus, que zeraram em 38s61 e 38s70 respectivamente.

marlon zanotelli hipismo salto
Reprodução/Instagram

Nessa volta aos concursos internacionais na Europa, Marlon elogiou a organização e recepção. “A organização fez um papel crucial para o retorno do esporte de mais alto nível na Europa, em tão pouco tempo após a quarentena. Estou encantado, muito obrigado!”, destacou o brasileiro.

Na mesma disputa em St. Tropez, o brasileiro Yuri Mansur (32º lugar), com Vitiki, cavalo plenamente recuperado após uma lesão há dois anos, fechou com cinco penalidades e não foi ao desempate.

Ainda na França

Na prova seguinte, com obstáculos a 1.50m, Yuri Mansur garantiu o 3º lugar com Casaktie, sem penalidades, e tempo final de 60s80. A vitória foi do irlandês Bertram Allem que cruzou a linha de chegada com percurso limpo em 58s63.

Nessa segunda disputa do dia em St. Tropez, Marlon Zanotelli, com Icarus, terminou no 13º lugar, zerando o percurso e tempo final de 63s51.

A principal disputa do Concurso de Salto Internacional de St. Tropez, o primeiro de nível 5* após a quarentena da Covid-19, será realizada no domingo (5), com o Grand Prix com obstáculos a 1.60 metro.

Nos EUA

Após ganhar uma prova na última quinta-feira (2), Eduardo Menezes voltou ao pódio nesta sexta (3) pelo Tryon Summer Tour, na Carolina do Norte.

Na disputa com obstáculos a 1,40 m, o cavaleiro brasileiro, montando H. Big Action, não cometeu penalidades, fez o tempo de 29s56 e terminou no segundo lugar.

Eduardo Menezes segue em destaque no Tryon Summer Tour Concurso de Salto Internacional
Eduardo Menezes segue em destaque no Tryon Summer Tour (Divulgação/Sportfot)

Ainda pelo Tryon, Luiz Francisco de Azevedo também entrou em ação. Montando Comic, o cavaleiro brasileiro terminou na 13ª posição na prova com obstáculos a 1,35 m.

Só de olho

O técnico do da seleção brasileira de salto, Philippe Guerdat, que liderou a equipe medalha de ouro no Pan Lima 2019, está acompanhando os atletas na Europa. Neste próximo final de semana, Guerdat estará no Internacional 2 estrelas de Royan, com participação dos cavaleiros Pedro Muylaert e Felipe Amaral e da amazona Ana Brentani Samaia.

Além de acompanhar os concursos e resultados, o técnico também tem visitado os atletas em seus centros de treinamento para fazer o planejamento visando os principais concursos e observação para formação do Time Brasil de salto em Tóquio-2020. Cerca de 20 conjuntos (cavaleiro/cavalo) estão participando do processo olímpico.

E sob o olhar de Guerdat, o destaque em Royan foi Ana Brentani Samaia, que alcançou um sexto lugar montando Cortina P, em prova válida pelo Concurso de Salto Internacional 1 estrela.

Mais em Hipismo