Siga o OTD

Handebol

Brasil define o grupo para a disputa do Mundial da Espanha

Armadora Gabi Constantino e goleira Gabi Moreschi foram os dois últimos cortes do Brasil para o Mundial de handebol feminino de 2021

Babi Arenhart - seleção brasileira de handebol - Olimpíada de Tóquio 2020
Divulgação/COB

O grupo foi definido! Depois de iniciar a última fase de treinamentos para o Mundial de Handebol feminino com 18 jogadoras, o técnico Cristiano Rocha realizou os dois últimos cortes. Nesta terça-feira (30), deixaram o grupo, que já se encontra em Castellon para as primeiras partidas, a armadora Gabi Constantino e e a goleira Gabi Moreschi.

-Tudo que você precisa saber sobre o Mundial de handebol feminino

Agora com 16 atletas, a seleção brasileira se prepara para a estreia no Mundial de handebol feminino, que acontece nesta quinta-feira (2), contra a Croácia. Fazendo sua estreia com técnico principal em competições deste porte, Cristiano Rocha foi direto ao falar do Mundial.

“Este é um momento muito importante na minha vida profissional. Todo mundo sonha em ser o técnico da seleção brasileira e para mim não é diferente. Acredito estar preparado e motivado para fazer o meu melhor pelo nosso país. O principal desafio é fazer o Brasil lutar novamente pelas primeiras colocações nas principais competições internacionais e, claro, se qualificar para os Jogos Olímpicos”, disse Rocha.

Tabela da seleção feminina:

02/12: 14h – Croácia x Brasil
04/12: 16h30 – Japão x Brasil
06/12: 14h – Brasil x Paraguai

Confira todos os grupos:

A: França, Angola, Montenegro e Eslovênia
B: Rússia, Camarões, Sérvia e Polônia
C: Romênia, Irã, Noruega e Cazaquistão
D: Holanda, Porto Rico, Suécia e Uzbequistão
E: Alemanha, República Tcheca, Hungria e Eslováquia
F: Coreia do Sul, Congo, Dinamarca e Tunísia
G: Brasil, Croácia, Japão e Paraguai
H: Espanha, Argentina, China e Áustria

Mais em Handebol

viagra