Siga o OTD

Handebol

Equipes dos brasileiros seguem 100% na Champions masculina

Barça, de Petrus e Haniel, e Veszprém, de Rogério Moraes, vencem com facilidade, chegam a quarta vitória em 4 jogos e dividem liderança do grupo; mulheres vão bem nas ligas nacionais

Barcelona, de Petrus e Haniel, lidera o grupo B da Champions com 4 vitórias em 4 jogos (divvulgação/Barcelona)

Equipes dos brasileiros seguem 100% na Champions masculina

Em uma quarta-feira (14) agitada no handebol europeu, três brasileiros se destacaram. Thiagus Petrus e Haniel Langaro, do poderoso Barcelona, e Rogério Moraes, do Veszprém, ajudaram suas equipes a vencer com tranquilidade e seguir invictas na Champions League masculina.

A quarta-feira também foi boa para os brasileiros nas ligas nacionais. Confira um resumo do que melhor aconteceu no handebol da Europa no dia de hoje.

100% na principal competição do mundo

Pela Champions League masculina, duas equipes com brasileiros estiveram em ação nessa quarta-feira (14) e saíram de quadra com vitórias fáceis.

Na Catalunha, atropelo do Barcelona de Thiagus Petrus e Haniel Langaro. A equipe n˜ão tomou conhecimento do Zagreb, da Croácia, por 47 a 25. Haniel contribuiu com quatro gols em seis arremessos tentados. Thiagus Petrus acabou não balançando as redes.

+ Petrus critica mais uma mudança na seleção brasileira

Pela Champions League masculina de handebol, o Barcelona, de Thiagus Petrus e Haniel Langaro, e o Veszprém, de Rogério Moraes, venceram e seguem 100%
Haniel Langaro em ação pela Champions League nessa quarta-feira (divulgação Barcelona)

Já na Hungria, o Veszprém, de Rogério Moraes, também venceu com tranquilidade, mas por uma diferença menor de gols. A equipe bateu o Celje Pivorana, da Eslovênia, por 39 a 24, com quatro gols do brasileiro em quatro arremessos tentados.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Tanto o Barcelona quanto o Veszprém obtiveram a quarta vitória em quatro partidas na Champions. Ambas as equipes integram o grupo B da competição e possuem 8 pontos, mesma pontuação do Aalborg, da Dinamarca. O Barça fica na frente da equipe húngara no saldo de gols (45 a 34). O time dinamarquês é o terceiro (20 de saldo).

A principal competição europeia ainda não viu o embate entre Rogério Moraes e a dupla Petrus/Haniel Langaro.

Ver essa foto no Instagram

#RedUnited

Uma publicação compartilhada por Telekom Veszprém (@handballveszprem) em

Bons resultados nas ligas nacionais

Na Rússia, o líder CSKA Moscou, de Chana Masson, venceu a 7ª partida em sete jogos e segue invicto e na competição. A veterana goleira brasileira teve boa atuação, defendendo 25% dos arremessos contra a sua meta. A equipe leva vantagem sobre o Rostov, de Mayssa Pessoa, no saldo de gols. A brasileira não tem atuado por conta de uma lesão no joelho.

+ Troca de técnicos expõe crise sem fim no handebol brasileiro

Pela primeira rodada do Campeonato Romeno de handebol feminino, Mariana Costa estreou com vitória. Sua equipe, o Gloria Bistrita, venceu o Galati fora de casa por 24 a 18.

Na DInamarca, o Odense, de Jéssica Quinino, venceu em casa o Hering Iksat por 19 a 18 e se manteve nas primeiras posições do Campeonato Dinamarquês. A equipe tem sete vitórias em oito jogos e ocupa a 3ª colocação, só atrás do Esberg e do Viborg, que ainda não perderam.

Em partida adiada do Campeonato Espanhol masculino, o Logroño La Rioja, doa brasileiros Oswaldo Maestro e Rangel, foi derrotado fora de casa por 32 a 25 para o Atlético Valladolid, de Arthur Patrianova. Maestro marcou três gols, enquanto que Patrianova fez dois.

Ainda na Espanha, mas pelo campeonato feminino, Giulia Guarieiro anotou quatro gols na vitória de sua equipe, o Granollers, diante do Tenerife por 29 a 18.O Granollers segue invicto na competição e lidera o grupo B após 4 rodadas.

Derrotas na França

O dia não foi bom para as brasileiras que atuam na França e na Dinamarca. O Nantes, de Bruna de Paula, não foi páreo para o Brest Bretagne, e perdeu por 26 a 25. A brasileira foi a melhor jogadora da equipe e anotou sete gols em sete arremessos tentados, mas mesmo assim não conseguiu evitar a derrota. A equipe está em 6º lugar com 8 pontos. O Bretagne é o vice-líder, com 12.

Ex-equipe de Bruna de Paula, o Felury Loiret também caiu na rodada. O time da goleira Gabi Moreschi perdeu para o Metz, líder do Francês, por 39 a 26.

Mais em Handebol