Siga o OTD

Pinheiros termina em quinto lugar no Mundial de clubes

Handebol

Pinheiros termina em quinto lugar no Mundial de clubes

O Pinheiros encerrou nesta segunda-feira sua participação no Super Globe, o Mundial de clubes de handebol masculino. A estreia aconteceu na sexta-feira pelas quartas-de-final contra o atual bicampeão mundial, o Füchse Berlin, da Alemanha, e, apesar de ter feito um jogo muito equilibrado com o adversário, acabou perdendo por 33 a 31. Com a derrota, a equipe brasileira foi disputar o torneio de consolação e, com as vitórias sobre a Sydney University, da Austrália, por 32 a 26, no sábado, e sobre o Esperance, da Tunísia, por 32 a 29, nesta segunda-feira, conquistou o quinto lugar. Veja no vídeo acima como foi Pinheiros x Esperance.

Pinheiros x Sydney University

Depois de perder para o Fuchse Berlin, da Alemanha, atual bicampeão, na estreia, o Pinheiros derrotou a Sydney University, da Austrália, por 32 a 26 neste sábado. Com o resultado, a equipe paulistana se classifica para disputar o quinto lugar do Super Globe, o Mundial de clubes de handebol masculino, contra o Esperance, da Tunísia.

Para chegar à vitória, o Pinheiros dominou toda a partida. Apesar do equilíbrio nos dois primeiros terços da etapa inicial, a equipe brasileira deslanchou nos nove últimos minutos e terminou o primeiro tempo com cinco gols de vantagem: 16 a 11. No segundo tempo, controlou bem a vantagem e garantiu a vitória tranquila por 32 a 26.

O ponta direta Rudolph e o argentino Julian Souto Cueto foram os destaques da vitória do Pinheiros com nove gols cada um. O adversário na disputa pelo quinto lugar será o Esperance, que perdeu para o poderoso Barcelona na estreia por 42 a 24, mas derrotou neste sábado o Gachsaran, do Irã, por 35 a 28, e se garantiu na disputa do quinto lugar.

Pinheiros x Füchse Berlin

O Pinheiros estreou nesta sexta-feira no Super Globe, o Mundial de clubes de handebol masculino. Logo de cara, pegou o atual bicampeão, o Fuchse Berlin, da Alemanha, e teve uma grande atuação, chegou a liderar o placar em alguns momentos e perdeu por apenas dois gols de diferença: 33 a 31. Com o resultado, a equipe brasileira não briga mais pelo título e vai disputar do quinto ao oitavo lugar do torneio, enquanto os alemães se classificaram para a semifinal. Veja abaixo como foi o jogo.

Apesar da força do adversário, o Pinheiros encarou o duelo contra o atual bicampeão mundial de igual para igual. O jogo foi muito disputado desde o começo com as equipes se revezando na liderança do placar. Com 15 minutos, a partida estava empatada em 8 a 8. Neste momento, o Fuchse Berlin conseguiu desgarrar um pouco ao marcar quatro gols seguidos, três deles de Plaza Jimenez e abriu 12 a 8. A vantagem se manteve até os 23 minutos, quando os alemães venciam por 14 a 10.

Mas o Pinheiros reagiu e, nos cinco minutos seguintes, marcou quatro vezes e só tomou um, dimuindo a diferença para apenas um gol: 15 a 14. Mas a 23 segundos do fim do primeiro tempo, Nenadic marcou e fez como que os alemães fossem para o intervalo com dois gols de vantagem.

Na volta para o segundo tempo, o Pinheiros precisou de seis minutos para empatar o jogo em 18 a 18. E, aos 10, com um gol de rodrigo Quost, passou na frente ao fazer 21 a 20. A liderança no placar se manteve até Diogo Hubner marcar aos 16 e colocar 24 a 23 para a equipe brasileira.

O experiente time alemão, no entanto, soube manter a frieza e voltou a liderar em 25 a 24 para não deixar mais o Pinheiros ultrapassá-lo. Com um gol de Felipe Praz, os brasileiros empataram pela última vez em 28 a 28. Na sequência, com Weide e Zachrisson, o Fuchse Berlin voltou a abrir dois gols e a partir daí soube controlar bem a vantagem.

Aos 26 minutos, Peão voltou a reduzir a diferença para um gol: 31 a 30. Mas, na sequência, Rodrigo Quost levou dois minutos de punição e o Pinheiros ficou na reta final da partida com um jogador a menos. Com Nenadic, o Fuchse fez 33 a 30. E, a 40 segundos do fim, Diogo Hubner marcou o último gol do Pinheiros para fechar o placar em 33 a 31 para o time alemão.

Peão, com oito gols, e o argentino Souto Cueto, com sete, foram os destaques do Pinheiros. Do lado alemão, Nenadic, com sete gols, foi quem mais marcou. Além do Fuchse Berlin, estão classificados para a semifinal o Barcelona, da Espanha, que derrotou o Esperance, da Tunísia, por 42 a 24, e o Vardar, da Macedônia, time do brasileiro Rogério, que fez 30 a 22 no Naft O Gas Gachsaran, do Irã. Al Saad, do Qatar, e Sydney University, da Austrália, decidem a última vaga.

Mais em Handebol