Siga o OTD

Duda Amorim, do Gyori Champions League de Handebol (divulgação Gyor ETO)

Handebol

Definidos os times e o formato da próxima Champions League

Próxima edição da competição européia começará em setembro e terá 16 equipes

Duda Amorim é a atual tricampeã da Champions League feminina com o Gyor Eto (divulgação Gyor ETO)

Definidos os times e o formato da próxima Champions League

Mesmo sem ter um campeão na atual temporada, a Champions League de handebol anunciou nesta sexta-feira (19), seus participantes e formato de disputa para 2020/2021. O torneio contará com 16 equipes divididas em dois grupos de oito times.

O formato de disputa para a próxima temporada será o mesmo nos dois naipes. A primeira fase contará com duas chaves de oito times e os dois primeiros, de cada grupo, se classificam de forma direta para as quartas de final.

Do terceiro e do sexto colocado de cada grupo se classificam e se cruzam (3º do A x 6º do B e 4º do A x 5º do B) em um playoff, de duas partidas, pelas quatro vagas restantes das quartas de final. Os dois últimos de cada uma das chaves é eliminado.

Nas quartas de final os oito classificados se enfrentam, de acordo com as chaves já pré-definidas, e os vencedores se garantem no final four da Champions League de handebol de 2020/2021. As semifinais entre os quatro melhores times da temporada são definidas por sorteio. Os vencedores fazem a decisão e os derrotados disputam o terceiro lugar.

+Petrus renova com o Barcelona

Por conta da pandemia do coronavírus, algumas equipes, no masculino e feminino, estão em uma lista de espera caso exista algum problema para locomoção entre os países e as cidades.

Diferenças entre masculino e feminino

Para a temporada de 2020/2021, os jogos da Champions League de handebol feminino acontecerão aos fins de semana. A primeira rodada está prevista para os dias 12 e 13 de setembro.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Here are the teams which will take part in the DELO #ehfcl 2020/21 🤩 . Swipe up our story for more information 👆 #deloehfcl

Uma publicação compartilhada por EHF Champions League (@ehfcl) em

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NOINSTAGRAM E NO FACEBOOK

Dos 16 participantes da temporada 2020/2021, nove equipes se classificaram por conta do título do campeonato nacional de seus países. Com base em um sistema de critérios que analisou diferentes campos, incluindo local, TV, espectadores, resultados em competições anteriores do EHF, gerenciamento de produtos e digital , a EHF (Federação Europeia de Handebol) aprovou a participação de mais sete equipes.

Até o momento, estão confirmadas na próxima edição da Champions League as brasileiras Jessica Quintino, do Odense, Duda Amorim, Do GyorEto, Mayssa, do Rostov-Don, Chana Masson, do CSKA Moscow, Babi Arenhart, do Buducnost, e Samara, do Krim.

Masculino

Já entre os homens, os jogos da Champions League de handebol terão a primeira rodada realizada entre os dias 16 e 17 de setembro.

Diferente do feminino, no masculino 10 equipes conquistaram sua vaga por conta dos títulos nacionais. Seis foram escolhidas pela organização de acordo com os critérios estabelecidos.

Até o momento, Thiagus Petrus, do Barcelona, e Rogério Moraes, do Veszprem, são os brasileiros na competição.

Mais em Handebol