Siga o OTD

Futebol

Courage, de Debinha, segue 100% na Challenge Cup da NWSL

Debinha passa em branco na rodada, mas Courage vence no sufoco e lidera a Challenge Cup com 100% de aproveitamento

Debinha, do North Carolina Courage em ação pela Challenge Cup da NWSL (Twitter/TheNCCourage)

Courage, de Debinha, segue 100% na Challenge Cup da NWSL

Após dominar o jogo e sofrer alguns sustos, o North Carolina Courage de Debinha marcou um gol salvador aos 36 minutos do segundo tempo e confirmou suas terceira vitória em três jogos pela Challenge Cup da NWSL.

A brasileira acabou passando em branco em partida realizada neste domingo (5) contra o Chicago Red Stars, mas viu sua equipe se consolidar na primeira colocação geral com a vitória por 1 a 0.

O gol saiu após escanteio curto. A jogada ensaiada foi para a intermediária e contou com um levantamento preciso de Lauren Milliet em direção à área. Abby Erceg, sozinha, subiu na pequena área e cabeceou forte. A bola ainda pegou no travessão e morreu na rede dos Red Stars.

Agora o North Carolina Courage soma 9 pontos e tem mais uma partida para fazer antes das quartas de final da Challenge Cup.

Por sua vez, o Chicago tem apenas um ponto conquistado. Como são apenas oito equipes na Challenge Cup, todas irão para as quartas de final. Sendo que o melhor colocado enfrenta o oitavo e assim por diante.

+SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Domínio sem gol

Com Debinha distribuindo o jogo e rondando a área do Chicago Red Stars, o North Carolina Courage dominou os 30 primeiros minutos de jogo. A goleira Alyssa Naeher salvou o Red Stars em dois disparos de fora da área.

A equipe do Red Stars não conseguia trocar mais do que três passes e já perdia a bola. Por sua vez, o Courage jogava quase todo no campo de ataque.

+ Bia Zaneratto relembra dificuldades do início da carreira

Mas Kealia Watt conseguiu roubar a bola, partiu do seu campo e saiu na cara da goleira Katelyn Rowland. Pressionada pela marcação, Watt não conseguiu concluir com perfeição, mas exigiu grande defesa por parte da arqueira do Courage.

Logo na sequência, em falha defensiva do Courage, Casey Short recebeu lançamento na ponta direita, invadiu a área e chutou por cima do gol. Ou seja, após martelar e martelar, o time de Debinha não teve chances tão claras quanto as rivais.

Foram sete chutes ao gol do time da brasileira contra apenas dois dos Red Stars em todo o primeiro tempo.

Courage contra Red Stars pela Challenge Cup nwsl debinha
Courage contra Red Stars pela Challenge Cup (Twitter/NWSL)

Na bacia das almas

A segunda etapa começou do mesmo jeito que a primeira. A equipe de North Carolina não dava chance para as adversárias, pressionava a saída de bola e dominava as ações.

A goleira Alyssa Naeher seguiu sendo alvejada de todas as maneiras, mas o gol não saia. Diferentemente do primeiro tempo, o Chicago não conseguia assustar em nada e só se defendia, esperando o fim do jogo para comemorar um ponto pelo empate.

Após muito tentar, no segundo tempo foram mais oito finalizações do Courage, o gol veio pelo alto. A zaga dos Red Stars deixou Abby Erceg subir sozinha e cabecear para marcar o único gol da partida.

Placar magro, sofrido e chorado, mas que garantiu mais três pontos para Debinha e companhia. Na partida de estreia, o Courage já tinha ganhado nos acréscimos com um gol da brasileira.

Mais em Futebol