Siga o OTD

Futebol

Presidente da federação haitiana é acusado de abuso sexual

Segundo o The Guardian, Yves Jean-Bart abusou de várias vítimas no Centro Nacional de Treinamento da federação. Ele divulgou nota negando e rebatendo as acusações

Yves Jean-Bart presidente federação haiti futebol assédio sexual fifa
Yves Jean-Bart presidente federação haiti futebol assédio sexual (facebook/fhfhaiti)

O presidente da Federação Haitiana de Futebol, Yves Jean-Bart, está sendo acusado, por diversas supostas vítimas, de abuso sexual nas instalações do centro de treinamento da entidade, segundo matéria do The Guardian.

Há 20 anos, Yves Jean-Bart, conhecido como ‘Dadou’, está à frente da entidade e nega todas as acusações feitas por atletas que passaram pelo Centro Técnico Nacional, em Croix-des-Bouquets, Haiti.

“Há uma senhora que trabalha lá e que pressiona as meninas a fazer sexo com Dadou”, disse uma suposta vítima ao The Guardian. “Ela escolhe uma garota legal, que é atraente e lhe diz que será expulsa do centro. A garota começa a chorar e então a senhora diz: ‘A única maneira de resolver isso é falar com o ‘Dadou”. Nesse momento, a jovem não tem escolha a não ser aturar o abuso sexual.

Fontes no Haiti ainda afirmam que uma das garotas abusadas sexualmente por Yves Jean-Bart foi forçada a fazer um aborto. “Umas das nossas melhores jogadoras perdeu sua virgindade com ‘Dadou’ quando ela tinha 17 anos em 2018”, disse uma ex-jogadora que passou pelo centro nacional. “É tão horrível, porque essas garotas queriam jogar pela seleção de seu país, mas se abrirem a boca estão fora. Elas são reféns.”

Uma outra vítima dos abusos resume, sempre de acordo com o The Guardian, a sensação. “Tenho muito medo. ‘Dadou’ Jean Bart é uma pessoa muito perigosa.”

O Centro de treinamento

As jogadoras geralmente se mudam para o centro quando são adolescentes, muitas vezes resgatadas de uma vida nas ruas. Financiado pelo programa “Goal” da Fifa para apoiar o desenvolvimento do futebol, o centro foi criado em 2001.

Centro de Treinamento Nacional da Federação Haitiana de Futebol, comanda por Yves Jean-Bart, acusado de abuso sexual (Twitter/cxdesbouquets)
Centro de Treinamento Nacional da Federação Haitiana de Futebol (Twitter/cxdesbouquets)

Mas várias testemunhas alegaram ao The Guardian que a instalação está em estado degradado após anos de negligência, apesar de ter recebido até US$ 6 milhões do programa “Forward” da Fifa desde 2016.

“A última vez que pisei lá, eu queria vomitar”, disse um treinador que costumava trabalhar lá regularmente. “É desprezível. Dez crianças dormem em cada um dos quartos, não há lençóis, nem banheiros limpos. É inimaginável. Para onde foi o dinheiro? A federação recebeu milhões e nem comprou lençol?”

O treinador acrescenta: “Este centro é um pesadelo. Os inspetores da FIFA vieram. Nós pensamos que eles iriam dizer alguma coisa, mas isso não aconteceu. É impossível. Como eles podem não dizer nada? Os jovens não têm acompanhamento médico, comem a mesma coisa todos os dias – arroz, macarrão, banana, frango – bebem água que você nunca beberia e, enquanto isso, os funcionários da federação têm seu próprio médico e organizam banquetes. Isso é obsceno.”

Yves Jean-Bart

Em nota oficial, o presidente da Federação Haitiana de Futebol se manifestou contra as acusações feitas na reportagem do The Guardian.

“Nunca houve nenhuma queixa contra a federação, nem contra os funcionários envolvidos em nosso centro, nem contra minha pessoa. Esse tipo de prática de abuso sexual é quase impossível em nosso centro, dadas as estruturas físicas, os princípios de educação e a consciência contínua que colocamos em prática. ”

Ele disse ainda que as alegações eram “claramente uma manobra para desestabilizar a FHF, o caráter do presidente e sua família”.

‘Dadou’ também afirma que “após 20 anos tentando me tirar do cargo, os acusadores regressam com ajuda estrangeira, que montaram um arquivo mentiroso de abusos sexuais.”

O presidente também ataca a mídia. “O The Guardian, um jornal da Inglaterra, participou do jogo de detratores nacionais publicando um artigo tão baixo.”

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Futebol