Siga o OTD

Futebol

Marta marca, vira artilheira e lidera virada do Orlando Pride

Marta brilhou mais uma vez na NWSL, a liga profissional de futebol feminino nos Estados Unidos. Na noite desta quarta-feira, a brasileira voltou a balançar a rede e liderou a heroica virada do Orlando Pride, fora de casa, em cima do Sky Blue por 3 a 2, em New Jersey, diante de pouco mais de 3 mil torcedores. Com o gol marcado, a camisa 10 assumiu a artilharia isolada da competição com seis ao todo, um a mais do que Samantha Kerr e Sarah Killion, do próprio Sky Blue, Megan Rapinoe, do Seattle Reign.

O gol mais bonito da partida, no entanto, não foi marcado por Marta. O Orlando Pride abriu o placar com Ubogagu aos 11 minutos, mas o Sky Blue tomou conta do confronto e teve chances de empatar e até virar. O time, no entanto, desperdiçou uma cobrança de pênalti e acertou uma bola no travessão. O 1 a 1 só aconteceu aos 45 minutos em outro pênalti marcado a favor da equipe de New Jersey. Kelley O´Hara bateu para deixar tudo igual. A pintura aconteceu logo no começo do segundo tempo, Samantha Kerr aproveitou um rebote dentro da área e marcou de bicicleta para virar o jogo para as donas da casa.

O Orlando Pride só coseguiu empatar de novo aos 32 minutos do segundo tempo. Marta mostrou todo o seu oportunismo ao aproveitar uma bobeada da defesa adversária para bater de primeira, deixar tudo igual e assumir a artilharia da NWSL. Mas a camisa 10 não estava satisfeita e fez a diferença para que o Orlando Pride pudesse dar a virada. Foi ela que começou a jogada ao enfiar bola na esquerda para o cruzamento que encontrou Rachel Hill na área para garantir a vitória para a equipe da Flórida aos 41 minutos da etapa final.

Mais em Futebol