Siga o OTD

Esportes de Gelo

Nicole Silveira conquista mais um ouro na Copa América de Skeleton

Após seu primeiro ouro no domingo, Nicole Silveira confirma ótimo momento e vence mais uma etapa na Copa América de Skeleton

Nicole Silveira
(Divulgação/Time Brasil)

Após ter feito história no último domingo, Nicole Silveira repetiu o feito nesta segunda-feira (8). Disputando a segunda etapa da Copa América de skeleton, disputada em Whistler, no Canadá, a brasileiro conquistou o seu segundo título na competição.

Para conquistar o seu segundo ouro no evento, Nicole Silveira precisou realizar duas descidas no dia. Na primeira, a atleta concluiu a volta em 54.22. Na segunda tentativa, a brasileira precisava de um 54.85 para ficar com a vitória e a meta foi atingida com certa folga, já que completou 54.36, totalizando 1:48.58.

O pódio desta segunda etapa foi preenchido por duas atletas canadenses: Madison Charney levando a prata e Hallie Clarke, o bronze. Nicole Silveira e as suas demais concorrentes na Copa América de skeleton finalizam a disputa nesta terça-feira (9), com a última etapa realizada em Whistler.

Além do seu segundo ouro, Nicole Silveira garantiu mais 75 pontos, dobrando o que já havia conquistado no domingo, no ranking da Federação Internacional de Bobsled e Skeleton (IBSF), que decide a classificação para os Jogos Olímpicos de Inverno Pequim-2022.

Temporada de Skeleton começa na América do Norte

De novembro até 16 de janeiro de 2022, Nicole terá um calendário cheio de provas. Até o dia 14 de novembro, além das três provas da Copa América, ela vai participar de mais duas descidas na Copa Intercontinental em Whistler. Em seguida, vai para Park City, nos Estados Unidos, competir em mais quatro corridas entre 19 e 24 de novembro.

A partir daí, a brasileira se dedica quase que exclusivamente ao circuito da Copa do Mundo de Skeleton. Entre 3 e 17 de dezembro, participa de três provas em Altenberg e Winterberg, na Alemanha. No último dia do ano compete em Sigulda, na Letônia. Então, já em janeiro, faz duas descidas finais em Winterberg e, depois, em St. Moritz, na Suíça.

Skeleton feminino tem cinco vagas a mais para Pequim-2022

No intuito de estabelecer igualdade de gênero, o Comitê Olímpico Internacional (COI) e a Federação Internacional de Bobsled e Skeleton (IBSF) ampliaram o número de cotas para os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2022. Dessa forma, são 25 vagas disponíveis em vez das 20 disputadas até os Jogos de 2018, em PyeongChang.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTO

Desse total, apenas dois países levam três atletas e quatro podem garantir duas competidoras – as onze vagas restantes são destinadas a onze nações diferentes. Por conta da pandemia de covid-19, a IBSF congelou o ranking internacional e não divulgou os pontos conquistados pelas atletas.

Na temporada retrasada (2019/2020), Nicole Silveira terminou na 39ª colocação e pegaria uma das vagas diretas aos Jogos Olímpicos de Inverno. Contudo, ela evoluiu bastante ao longo da última temporada e a vaga inédita para Pequim-2022 está realmente próxima de acontecer. Os nomes serão confirmados oficialmente em 16 de janeiro de 2022.

Mais em Esportes de Gelo

viagra