Siga o OTD

Esgrima

Eduardo Gonçalves fica perto do pódio no Pan Cadete e Juvenil

Bronze em 2023, Eduardo Gonçalves ficou a uma vitória de repetir o feito na espada do Pan-Americano Cadete e Juvenil de esgrima

Eduardo Gonçalves (à esquerda) participa de jogo durante o Pan-Americano Cadete e juvenil de esgrima
Eduardo Gonçalves, à esquerda (Foto: Rosele Sanchotene/ CADET&JUNIOR PAN-AMERICAN CHAMPIONSHIPS)

No primeiro dia do Campeonato Pan-Americano Cadete e Juvenil de esgrima, o Brasil chegou bem perto de faturar uma medalha. Na espada masculina sub-17 (cadete), Eduardo Gonçalves ficou a uma vitória de subir ao pódio. Medalha de bronze na última edição do torneio, o resultado de Eduardo foi o melhor entre os oito brasileiros que entraram em ação nesta quinta-feira (22). 

Nas poules, Eduardo Gonçalves fez uma campanha quase perfeita. Em cinco jogos disputados, perdeu apenas para o norte-americano Daniel Chirashnya, que fechou a primeira fase invicto. Na primeira rodada eliminatória, Eduardo bateu o colombiano Dylan Moreno por 15 a 11.

No quadro 16, derrotou outro esgrimista da Colômbia. Jorge Garcia caiu com o placar de 15 a 8. No duelo que garantiria a vaga na semifinal, o brasileiro reencontrou Chirashnya. O norte-americano voltou a ser o algoz e o eliminou com 15 a 6.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Quedas brasileiras

Além de Eduardo Gonçalves, outros brasileiros disputaram a espada cadete do Pan-Americana. Guilheme Dubiel perdeu no quadro 32 e Matheus Brandt, assim como Bernardo Bicalho, foram eliminados nas oitavas de final. Na mesma fase caíram Livia Burberry e Valentina Basso no florete feminino. Manuela Tapajos também esteve na mesma disputa, mas não passou das poules. No sabre, Arthur Wolf e Joaquim Peluso se despediram no quadro 32, enquanto Samuel Oliveira e José Santos pararam na primeira fase. 

Jornalista recifense formado na Faculdade Boa Viagem, apaixonado por futebol, atletismo, basquete e outros esportes.

Mais em Esgrima