Siga o OTD

Equipes masculina e feminina de florete juvenil - Mundial cadete e juvenil de esgrima

Esgrima

Equipes feminina e masculina caem na primeira rodada do Mundial Juvenil e Cadete

Maurucio Pellegrino, Sandro Seini, Tarcisio Mendes e Lucas Busnardo estiveram perto da vitória contra a Finlândia, enquanto Giorgia Giordano, Victoria Vizeu, Clara Amaral, Carolina Chechelisk fizeram pouca resistência ao Uzbequistão

(Augusto Bizzi/FIE)

Equipes feminina e masculina caem na primeira rodada do Mundial Juvenil e Cadete

As equipes masculina e feminina de espada do Brasil ficaram na primeira rodada do Mundial Juvenil e Cadete de esgrima, que chega neste domingo (11) ao último dia. As mulheres foram derrotadas pelo time do Uzbequistão por 45 a 35 enquanto os homens perderam para os finlandeses por 45 a 39. Diferentemente do torneio individual, cuja fase eliminatória é precedida por uma de grupos, a competição por equipes começa direto no mata-mata.

No masculino, a seleção foi formada por Maurucio Pellegrino, Sandro Seini, Tarcisio Mendes e Lucas Busnardo. Eles perderam os dois primeiros jogos, mas se recuperaram nos três seguintes e assumiram a liderança da disputa com 25 a 23 no placar. Tomaram a virada após o sétimo jogo, 33 a 32, retomaram a ponta no oitavo, 34 a 33, mas no último confronto Akseli Heinamaa dominou Maurucio Pellegrino, fez 12 a 5 e garantiou a vitória nórdica.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMFACEBOOK E TIKTOK 

Giorgia Giordano, Victoria Vizeu, Clara Amaral, Carolina Chechelisk formaram a equipe feminina. Elas disputaram nove combates contras as adversárias asiáticas e ficaram o tempo todo atrás do marcador, vencendo apenas os dois últimos jogos. Giorgia Giordano derrotou Shakhzoda Egamberdieva por 6 a 5 e, no fechamendo da disputa, Victoria Vizeu bateu Marjona Zubaydulloeva por 10 a 5.

+ Victoria Vizeu é a melhor brasileira no Mundial Cadete do Egito

Após passarem pelos brasileiros, tanto finlandeses quanto uzbeques pararam na rodada seguinte do Mundial Juvenil e Cadete de esgrima, a dos 16, caindo para Rússia e Polônia, respectivamente. Rússia, aliás, que levou o ouro nos dois naipes, batendo os Estados Unidos por 43 a 41 no masculino e a Espanha por 45 a 16.

Mais em Esgrima