Siga o OTD

Esgrima

Guissone é o melhor brasileiro em Eger pela Copa do Mundo CR

Ele saiu da etapa na Hungria em cadeira de rodas com a sétima colocação no florete masculino categoria A

Esgrima em cadeira de rodas
(Alê Cabral/CPB/arquivo)

Jovane Guissoni foi o melhor brasileiro na etapa de Eger, na Hungria, da Copa do Mundo de esgrima em cadeira de rodas. Ao todo, cinco representantes do país competiram nesta quinta (13) em três categorias.

A etapa de Eger da Copa do Mundo de esgrima em cadeira de rodas é a última fase aberta do continente europeu que contará pontos para a classificação aos Jogos Paralímpicos de 2020.

Na fase de grupos do torneio de florete categoria B, Jovane Guissoni teve 4 vitórias e 2 derrotas e se classificou com o sétimo melhor desempenho entre todos os competidores.

Com isso, entrou no torneio eliminatório direto na segunda rodada, onde foi eliminado pelo ucraniano Oleg Naumenko por 15 a 7. Sai da competição com a sétima colocação geral.

Vanderson Chaves também competiu no florete categoria B e teve 2 vitórias e 3 derrotas na fase de grupos, as chamadas poules. Entrou na primeira rodada do eliminatório e, por 15 a 10, caiu diante do japonês Akira Tsunoda. Ficou em 10º no geral.

Sem vitórias

As outras três brasileiras competiram na espada, sendo Fabiana Soares e Carminha Oliveira na categoria B e Monica Santos na categoria A.

Todas foram eliminadas na fase de grupos da etapa de Eger da Copa do Mundo de esgrima em cadeira de rodas, sem nenhuma vitória. Nas respectivas classificações finais, Carminha ficou em 29º, Fabiana fechou em 31º e Mônica em 25º lugar.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE

A próxima etapa da Copa do Mundo de Esgrima será no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, entre os dias 11 e 14 de março. 

Mais em Esgrima