Siga o OTD

Caratê

Vinícius Figueira disputa bronze na Premier League de Tóquio

Vinícius Figueira foi o brasileiro de melhor desempenho no primeiro dia da etapa de Tóquio da Premier League de caratê. Ele vai disputar a medalha de bronze na categoria até 67kg no domingo

Abelardo Mendes Jr/rededoesporte.gov.br

Vinícius Figueira foi o brasileiro de melhor desempenho no primeiro dia da etapa de Tóquio da Premier League de caratê. Lutando na categoria até 67kg, ele venceu as duas primeiras lutas, foi derrotado nas quartas de final, mas conseguiu mais uma vitória na repescagem para garantir vaga na disputa pela medalha de bronze, que vai acontecer no domingo contra o grego Dionysios Xenos.

A estreia de Vinícius Figueira foi na segunda rodada contra o francês Marvin Garin, derrotado pelo brasileiro por 4 a 1. Nas oitavas de final, o atleta derrotou o espanhol Raul Cuerva Mora por 5 a 3 e se classificou para enfrentar o japonês Hiroto Gomyo pelas quartas de final.

Depois de uma luta muito equilibrada, o atleta da casa derrotou o brasileiro por 1 a 0. Apesar da derrota, Vinícius Figueira teve a chance de lutar a repescagem porque Hiroto Gomyo se classificou para a final da Premier League de Tóquio. O japonês vai enfrentar o turco Burak Uygur na decisão da medalha de ouro.

Vinícius Figueira aproveitou a chance que teve, derrotou o húngaro Martial Tadisse Ives por 3 a 0 e vai disputar o bronze contra Dionysios Xenos, da Grécia, que perdeu para Hiroto Gomyo na semifinal por 5 a 1. Também na categoria até 67kg, Breno Teixeira foi o outro representante do Brasil, mas foi eliminado logo na primeira luta ao perder para o iraniano Amir Mehdizadeh na decisão dos árbitros depois de um empate por 0 a 0.

Além de Vinícius Figueira, quem mais chegou perto de uma disputa de medalha nesta sexta-feira foi Valéria Kumizaki na categoria até 55kg. Ela venceu as duas primeiras lutas, 2 a 0 contra a ucraniana Anastasia Miastkovska e 1 a 0 contra a alemã Jil Augel, mas foi derrotada nas quartas de final pela espanhola Carlota Osorio por 1 a 0. A atleta, no entanto, não teve a chance de tentar a medalha de bronze pela repescagem porque sua algoz foi eliminada na semifinal por Wen Tzu-Yun, de Taipei.

Um dos principais nomes do caratê brasileiro, Douglas Brose não foi bem na etapa de Tóquio da Premier League. Lutando na categoria até 60kg, ele foi eliminado logo em sua primeira luta ao perder por 4 a 2 para o iraniano Majid Hassanniaideilami. Quem também perdeu logo na estreia foi Gabriel Stankunas, que levou 2 a 0 de Syohei Toyama, do Japão.

O destaque brasileiro na categoria até 60kg foi Rafael Nascimento, que ficou a uma vitória de conseguir uma vaga para disputar a medalha de bronze. Ele conseguiu três triunfos seguidos logo de cara: 3 a 0 sobre o tailandês Pooris Saiayasombat, 3 a 3 sobre o letão Kalvis Kalnins e 2 a 0 sobre o japonês Naoto Sago. Nas quartas de final, não resistiu ao cazaque Darkhan Assadilov e levou de 10 a 0. Na repescagem, bastava um resultado positivo para ele ir para a disputa do terceiro lugar, mas ele acabou derrotado por 1 a 0 pelo espanhol Alejandro Fernández.

Para completar a participação brasileira no primeiro dia da Premier League de Tóquio, Jéssica de Paula lutou na categoria até 50kg. Depois de vencer a búlgara Kristina Svilenova por 2 a 0 na estreia, ela foi eliminada na segunda rodada pela uzbeque Bakhriniso Babaeva, que a derrotou por 5 a 2.

 

Mais em Caratê