Siga o OTD

Manex Silva é um dos principais atletas da CBDN no esqui cross country

Brasil Zero Grau

CBDN encerra 2020 com provas no esqui alpino e cross country

Brasileiros do esqui alpino e esqui cross country competem na antevéspera do Ano Novo e fazem marcas dentro do índice pré-olímpico

Manex Silva representou o Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno em 2020 e segue na busca pela classificação aos Jogos de Pequim-2022 (Valter França/COB)

CBDN encerra 2020 com provas no esqui alpino e cross country

O ano de 2020 terminou para os esportes de inverno do Brasil. Integrantes das equipes de esqui alpino e esqui cross country da CBDN participaram de provas na Europa na última semana do ano. Mesmo com mais de um ano para os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim-2022, os brasileiros já somam importantes pontos para o ranking pré-olímpico.

No esqui cross country, Manex Silva, na categoria júnior, e Steve Hiestand, entre os adultos, representaram o país em três provas no resort de Campra, na Suíça, entre 28 e 30 de dezembro de 2020. Ambos conseguiram resultados abaixo dos 300 pontos FIS, o limite estabelecido pelos critérios de classificação olímpica.

Manex Silva teve o melhor desempenho. No Sprint em técnica clássica, ele foi o 43º na corrida classificatória com 4min46seg15 e 252.29 pontos FIS. Nas baterias, ele terminou na 19ª colocação – Birger Hartmann, da Alemanha, foi o vencedor.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Depois, nos 10 km em técnica livre, ficou em 37º com 27min33seg3 e 150.36 pontos FIS – Cla-Ursin Nufer, da Suíça, ficou com a vitória. Por fim, nos 10 km em técnica clássica e largada coletiva, o representante da CBDN foi o 26º com 28min57seg4 e 193.44 pontos FIS. O suíço Nicola Wigger foi o vencedor.  

Steve Hiestand, por sua vez, foi o 84º na classificação do sprint em técnica clássica com 5min37seg81 e 501.80 pontos FIS – nas baterias foi o 29º e o suíço Cyril Faehndrich venceu. Nos 15 km em técnica livre, ele melhorou e foi o 26º com 43min07seg5 e 182.55 pontos FIS – o melhor desempenho de sua carreira. Já nos 15 km em técnica clássica e largada coletiva, repetiu a 26ª colocação, mas com o tempo de 48min16seg0 e 370.98 pontos FIS.

Christopher Holm competiu no esqui alpino

Enquanto os dois atletas de esqui cross country estavam em Campra, Christopher Holm competiu no esqui alpino em Hochfügen, na Áustria. O brasileiro, que possui dupla cidadania e reside na Alemanha, participou de duas provas de Slalom nessa quarta-feira, 30 de dezembro, e conseguiu completar suas primeiras disputas na categoria adulta

Com 16 anos, Holm é uma das revelações da CBDN na modalidade, mas estava com azar: Quatro provas que ele iria participar neste mês foram canceladas em Pfelders, na Itália, e Oberjoch, na Alemanha. Contudo, o desempenho na neve austríaca mostra que ele vai ficar elegível para representar o Brasil em Campeonatos Mundiais e Jogos Olímpicos de Inverno.

+ O BRASIL ZERO GRAU TAMBÉM ESTÁ NO TWITTER, NO FACEBOOK E NO INSTAGRAM! SIGA!

Na primeira prova, foi o 66º com 1min56seg18 e 134.80 pontos FIS – Dominik Raschner, da Áustria, venceu com 1min40seg75. Na segunda corrida, foi o 79º com 1min57seg71 e 156.43 pontos FIS – Raschner venceu novamente. Os dois resultados estão abaixo dos 160 pontos FIS estabelecidos como limite para classificação olímpica na modalidade.

CBDN terá agenda cheia em 2021

Se a pandemia de covid-19 não cancelar mais eventos, a equipe brasileira nos esportes de neve terá uma agenda cheia entre janeiro e março de 2021. Os principais atletas do país estarão participando de competições no hemisfério norte, incluindo etapas de Copa do Mundo e Campeonatos Mundiais.

Devido às restrições do novo coronavírus, a CBDN terá uma delegação enxuta nesta temporada. Mesmo assim, duas atletas de esqui cross country já estão na Europa. Bruna Moura e Mirlene Picin iniciaram o treinamento na neve. Além delas, a equipe terá Victor Santos, Manex Silva e Steve Hiestand em provas oficiais e também no Mundial da modalidade em fevereiro de 2021.

A expectativa também fica pela participação do jovem time de snowboard do Brasil. Noah Bethonico, dono do melhor resultado brasileiro nos Jogos da Juventude de Inverno de 2020, deve participar das etapas de Montafon (Áustria) e Bergamo (Itália) na Copa do Mundo de Snowboard Cross. Augustinho Teixeira, por sua vez, deve competir na etapa da Copa do Mundo de Snowboard Freestyle em Calgary, no Canadá.

Mais em Brasil Zero Grau