Siga o OTD

Basquete

Santo André bate Catanduva e reencontra vitória na LBF

Renata Capelleto/Poty Bax Catanduva

Santo André bate Catanduva e reencontra vitória na LBF

Após dois jogos, Santo André se reencontra com a vitória em duelo fora de casa contra o Catanduva pela LBF. Donas da casa buscavam primeira vitória.

Os torcedores presentes no Ginásio Anuar Pachá, em Catanduva (SP), viram, nesta quinta, o maior placar da temporada que, para tristeza deles, não foi favorável ao time local. O Santo André/Apaba derrotou o Poty/BAX/ Catanduva por 98 a 82, com 31 pontos de Jaqueline, que registrou seu novo recorde de pontos em 8 temporadas na LBF. Além dela, a armadora Débora, com 21 pontos, também bateu seu recorde em 8 anos na Liga. Pelo time da casa, as cestinhas foram Julieta Ale, 18 pontos, e Natalia, com 17, 6 assistências e 4 roubos de bola.

O time de Bruno Guidorizzi voltou a se reencontrar com a vitória após dois reveses, contra Vera Cruz Campinas e Presidente Venceslau. Já eliminado, o time de Fernanda Hartwig tem seus últimos compromissos para ainda tentar sua primeira vitória.

Em sua melhor apresentação ofensiva (os 82 pontos foram a melhor marca do time na temporada), cinco jogadoras do Catanduva saíram de quadra com dígitos duplos na pontuação. Além de Julieta e Natalia, chegaram a pelo menos 10 pontos Jennifer (13), Fabi Castor (12) e Fernanda (10). Débora estava realmente em noite inspirada. Ao quebrar seu recorde na Liga, também liderou a equipe do perímetro, com 5 bolas convertidas, igualando sua melhor marca obtida em 24/3 contra São Bernardo.

O primeiro quarto já indicou como seria a partida: bastante movimentada e com alto aproveitamento. Santo André dominou os primeiros dez minutos e venceu por 27 a 23. No segundo período, as visitantes aumentaram ainda mais o ritmo e ampliaram a vantagem, chutando quase 65% de aproveitamento e indo ao descanso com 12 a frente.

No terceiro, as andreenses mantiveram a tranquilidade durante a primeira metade, até que o time da casa resolveu reagir, com duas bolas de três de Julieta e todos os 10 pontos de Fernanda no jogo. A diferença caiu para apenas 4, obrigando Bruno Guidorizzi a pedir tempo. Após a pausa, o Santo André voltou ligado e ainda conseguiu abrir 15 antes do quarto final, apenas administrado. Com sua maior pontuação no ano assegurada, Jaqueline e o time paulista ainda tentaram o centésimo ponto, mas a ala errou cesta fácil embaixo da cesta, e acabou igualando a maior pontuação em 2018, já alcançada por outras três vezes pelo líder Vera Cruz Campinas.

“Jogo com placar alto, os times tentaram aproveitar o que têm de melhor, que são os contra-ataques. Santo André estava bem nas bolas de três, a Jaque e a Débora fizeram bastante bola e não se pode dar bobeira pra elas. Estão de parabéns e a gente também, porque acho que demos uma crescida no segundo turno. Agora é manter o projeto pra frente e não abaixar a cabeça”, opinou Natalia, armadora, capitã e diretora do Catanduva.

O Catanduva terá agora duas semanas até sua despedida da LBF, que será em casa contra Blumenau. O Santo André/Apaba encerrou sua campanha como visitante no 1º turno com 50% de aproveitamento – 4 vitórias em 8 jogos. A equipe fecha a fase com duas partidas em casa, nos dias 20 e 22, contra Uninassau e Sampaio Basquete.

Mais em Basquete