Siga o OTD

Marcelinho Huertas - Tenerife - Champions League

Basquete

Tenerife, de Huertas, perde na prorrogação e cai nas quartas da Champions League

Apesar do duplo-duplo de Huertas, time espanhol não segura pressão e sofre virada do Strasbourg no tempo extra

(Divulgação/Champions League)

Tenerife, de Huertas, perde na prorrogação e cai nas quartas da Champions League

Nesta quinta-feira (6), não faltou emoção no jogo único das quartas de final da Champions League de basquete masculino entre o Tenerife, de Marcelinho Huertas, e o Strasbourg. E quem levou a melhor, depois de um duelo equilibrado e definido apenas na prorrogação, foi o time francês, pelo placar de 88 a 86.

Marcelinho Huertas teve atuação importante, mas não evitou a derrota do Tenerife. Ele foi o segundo maior pontuador do time espanhol com 18 pontos e anotou um duplo-duplo com mais 10 assistências. O cestinha do jogo, no entanto, foi Brandonn Jefferson, do Strasbourg, com 22 pontos

+Veja todas as notícias sobre basquete

Agora, o time francês aguarda o vencedor do duelo entre Hapoel Holon e o San Pablo Burgos, do também brasileiro Vitor Benites. Do outro lado da chave, já estão classificados para as semifinais Zaragoza, da Espanha, e o Pinar Karsiyaka, da Turquia.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

O jogo

O primeiro quarto começou bastante equilibrado. O Tenerife abriu 4 a 0, mas o Strasbourg logo colou no placar, sem deixar o time espanhol disparar no marcador. Assim, a equipe de Marcelinho Huertas se mantinha na liderança, mas sem conseguir abrir vantangem confortável. No final da parcial, o Tenerife conseguiu abrir oito pontos, a maior diferença no placar até então, mas viu o adversário diminuir de novo e ficar a dois pontos no final do período.

No início do segundo quarto, o roteiro seguiu parecido, mas aos poucos, o Tenerife começou a dominar as ações, liderado por Santi Yusta e Marcelinho Huertas, com nove e seis pontos, respectivamente. Assim, na metade da parcial, a diferença no marcador subiu para nove pontos. A partir de então, o time espanhol conseguiu manter a vantagem, indo para o intervalo com dez pontos de frente.

Na volta do intervalo, o Strasbourg surpreendeu e foi com tudo para cima do Tenerife. A diferença no placar foi caindo, até que chegou a quatro pontos nos últimos minutos do quarto. E faltando menos de um minuto para o fim, o time francês assumiu a liderança pela primeira vez no jogo, venceu o quarto por 23 a 12 e foi para o último período com o placar de 57 a 56.

E a quarta e decisiva parcial foi digna de Champions League, com emoção até o final. O Tenerife reagiu e voltou a liderar o jogo, mas sem conseguir abrir vantagem. Assim, as equipes se alternavam na liderança do placar, deixando a partida em aberto. Com menos de 30 segundos para o fim, o Strasbourg vencia por 73 a 71, mas a equipe de Marcelinho Huertas empatou o jogo e forçou a prorrogação.

O tempo extra seguiu o mesmo roteiro, com muito equilíbrio e aberto até o final. No entanto, o Strasbourg se impôs no final e abriu a vantagem necessária para vencer, então, o Tenerife e avançar às semifinais.

Mais em Basquete