Siga o OTD

São Paulo x Cerrado Basquete- NBB

Basquete

Georginho brilha no final e São Paulo vence mais uma pelo NBB

Armador faz um duplo duplo, resolve no último quarto e Tricolor ganha outra pela Liga Nacional

(João Pires/LNB)

Georginho brilha no final e São Paulo vence mais uma pelo NBB

Em mais um jogo do São Paulo no NBB (Novo Basquete Brasil), Georginho resolveu. Na noite desta terça-feira (15), o Tricolor paulista superou o Cerrado Basquete por 91 a 83. No duelo, o armador da seleção brasileira marcou 22 pontos, sendo 13 no último quarto, pegou 11 rebotes e deu oito assistências na vitória. Foi a sexta vitória consecutiva do Tricolor, que chegou aos 19 pontos e alcançou o Flamengo na liderança do campeonato.

O jogo

No primeiro quarto de partida, o Cerrado começou melhor. Com bom aproveitamento nas bolas de três, o time de Brasília se manteve na frente do placar nos primeiros minutos e forçou a parada no jogo com 21 a 13 no marcador. Na volta, o São Paulo melhorou no ataque e, com boas jogadas de Shamell e Renan, encostou no placar, fechando os primeiros 10 minutos com desvantagem de 24 a 21. 

No segundo período, o São Paulo começou superior. Conseguindo envolver todos os jogadores no plano de jogo, o time de Claudio Mortari entrou no jogo e o Cerrado foi obrigado a parar o duelo. Na volta, as jogadas no garrafão do time paulista passaram a dar certo e com uma cravada de Lucas Mariano foi para o intervalo vencendo por 44 a 43.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Segundo tempo equilibrado

Na volta do intervalo, o Cerrado foi superior. Envolvendo melhor os jogadores no ataque e com boa postura defensiva, o time de Brasília passou à frente do marcador nos primeiros minutos e controlou o ritmo. Apesar do crescimento do São Paulo, a vantagem seguiu com a equipe candanga, que foi para o último período vencendo por 67 a 65. 

+ Tabela do NBB – Novo Basquete Brasil – 2020/2021

Nos últimos 10 minutos, o São Paulo cresceu. Comandado por Georginho, o Tricolor do Morumbi dominou o jogo. Com o ataque tendo um melhor aproveitamento, principalmente nas bolas de fora, a equipe assumiu o marcador e ditou o ritmo. Com 13 pontos do armador no último quarto, os paulistas saíram com a vitória por 91 a 83.

Mais em Basquete