Siga o OTD

Lucas Bebê - Fortaleza Basquete

Basquete

Após depressão, Lucas Bebê volta ao Brasil para ‘ser feliz’

Novo reforço do Fortaleza, atleta sofreu com a parte física e mental nos últimos anos e retorna ao Brasil com a meta de voltar a ser feliz

Lucas Bebê tem apenas 19 anos (Divulgação/Toronto Raptors)

Após depressão, Lucas Bebê volta ao Brasil para ‘ser feliz’

Considerado um dos jogadores mais promissores do basquete brasileiro, Lucas Bebê está de volta ao Brasil e é o novo reforço do Fortaleza Basquete. Após oportunidades na Espanha e na NBA, o jovem de 19 anos sofreu com a parte física e mental e busca se recuperar agora no seu país.

“Quem me acompanha sabe o quanto eu sofri com lesões e com depressão nos últimos 3 anos. Foi um período bem complicado a nível físico e mental. Hoje estou tentando tirar alguma lição de tudo isso que aconteceu na minha vida”, contou o atleta.

Lucas Bebê deu seus primeiros passos no basquete profissional na Espanha, pelo Estudiantes, em 2011. Posteriormente, ele foi selecionado na 16ª escolha do Draft da NBA de 2013, e começou sua trajetória na maior liga de basquete do mundo em 2014, no Toronto Raptors, pela qual jogou durante quatro temporadas.

+Paulistano cresce durante o jogo e vence mais uma no Paulista

Depois do término do seu contrato com o Raptors, em 2018, no entanto, Lucas Bebê chegou a voltar ao basquete espanhol, mas teve que deixar a bola laranja de lado por um tempo, justamente pelos problemas mentais e físicos.

Novo capítulo

Anunciado no Fortaleza Basquete para o NBB 2020/2021, Lucas Bebê terá a oportunidade de retornar às quadras no seu país natal. Será a primeira temporada do pivô no basquete brasileiro.

Lucas Bebê - Fortaleza Basquete
Lucas Bebê, de azul, foi anunciado pelo Fortaleza Basquete (Luísa Xavier/Fortaleza BC)

“O que o Bebê enfrentou são problemas que acontecem quando a pessoa chega num plano muito alto e depois ela tem que retroagir. É a frase do Mandela e do Mujica quando saiu do Senado no Uruguai: ‘o mais bonito na vida é quando você tropeça, cai e consegue se levantar’. Está sendo muito bonito ver o Lucas se levantar”, disse o técnico Alberto Bial.

Ser feliz

A expectativa em relação a Lucas Bebê, por parte de todos os fãs de basquete, é grande. O jogador, no entanto, vê a sua chegada ao Brasil com outros olhos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Infelizmente eu terei que carregar o fardo de estrela só pelo fato de ter jogado na NBA. Ser estrela é algo que realmente não curto muito, até porque eu nunca fui uma. Sempre fui um jogador como qualquer outro. Tive a felicidade de conseguir coisas interessantes na carreira, mas isso não faz de mim uma estrela. Minha maior meta hoje é voltar a ser uma pessoa feliz”, concluiu.

Mais em Basquete