Siga o OTD

FIBA - Bolha - Coronavírus - Eliminatóras continentais

Basquete

FIBA segue NBA e fará bolha para eliminatórias continentais

Para garantir a segurança, eliminatórias de novembro e fevereiro terão “bolhas” com entrada controlada, exames e sede única

FIBA segue exemplo da NBA para garantir segurança dos envolvidos (Divulgação/FIBA)

FIBA segue NBA e fará bolha para eliminatórias continentais

A FIBA (Federação Internacional de Basquete) anunciou que os jogos das eliminatórias para suas competições continentais, em novembro e fevereiro, serão disputados em uma bolha, assim como na NBA, para garantir a segurança dos participantes em meio à pandemia de coronavírus.

Assim, as eliminatórias não serão disputadas em jogos em casa e fora e serão realizadas conforme os protocolos de saúde da entidade, incluindo testes de PCR e entrada controlada em um ambiente seguro na cidade de competição.

+Nadia Colhado é derrotada na abertura da Liga Espanhola

Além disso, cada bolha será composta por quatro ou oito equipes, sendo um ou dois grupos de qualificação. Os anfitriões serão decididos a nível regional e ainda serão anunciados pela FIBA.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

As eliminatórias continentais ainda precisam ser disputadas para a Copa da Ásia masculina, Afrobasket, Eurobasket e AmeriCup. A primeira foi remarcada em uma semana, de 17 a 29 de agosto de 2021, para adequar aos Jogos Olímpicos de Tóquio, que foram adiados. O mesmo aconteceu com a Copa da África do próximo ano em Ruanda, que foi transferida para 24 de agosto a 5 de setembro.

Já a Copa da Europa e a da América estavam originalmente previstas para ocorrer em 2021, mas foram reprogramadas para setembro de 2022.

Mais em Basquete