Siga o OTD

Basquete

LBF cancela temporada por conta do coronavírus

Temporada havia começado em 8 de março, mas foi paralisada seis dias depois após apenas três partidas, como medida de prevenção à pandemia, que avançava pelo país

Décima edição da LBF foi cancelada por conta da pandemia do coronavírus (divulgação/LBF)

O coronavírus fez mais uma vítima nessa terça-feira (23). Após mais de dois meses de reuniões discutindo o cenário diante da pandemia, as equipes decidiram cancelar a temporada 2020/21 da LBF CAIXA (Liga do Basquete Feminino). A decisão foi tomada em reunião realizada por videoconferência nesta manhã.

+ Após realizar torneio, Djokovic testa positivo para Covid-19

A principal competição nacional do basquete feminino foi paralisada em março. A diretoria da LBF e os dirigentes das oito equipes entenderam que ainda não há um nível de segurança ideal para que os jogos sejam realizados. Mesmo que de portões fechados e com a adoção de protocolos de saúde. Até o momento, o país soma mais de um milhão de casos confirmados do novo coronavírus e mais de 50 mil mortes.

“Foi decidido que a competição não será realizada, haja vista a pandemia do coronavírus que nosso país ainda vive. Estávamos estudando as possibilidades de retorno. Mas ontem (22) tivemos uma reunião virtual com os médicos da CBB (Confederação Brasileira de Basquete), que colocaram com propriedade as inseguranças que poderiam haver nos jogos. Procuramos preservar a integridade de nossas atletas e comissões técnicas; com isso, a liga e os clubes optaram por cancelar a temporada”, disse o presidente em exercício da LBF, Valter Ferreira.

O plano que não acontecerá

Ver essa foto no Instagram

NOTA OFICIAL – LBF CAIXA 2020 . . Após meses de acompanhamento da pandemia de covid-19, visando o retorno da LBF CAIXA 2020, as equipes participantes decidiram pelo cancelamento da competição, em reunião realizada por videoconferência na manhã desta terça-feira, 23. . Apesar dos esforços empreendidos desde meados de março – quando o principal torneio de basquete feminino do país foi paralisado – para que a competição ainda fosse realizada no décimo ano de fundação da LBF, a diretoria da Liga e os dirigentes dos clubes entenderam que ainda não há um nível de segurança ideal para que os jogos sejam realizados, ainda que de portões fechados e com a adoção de protocolos de saúde. . Veja mais detalhes no site – link nos stories. #LBFCAIXA2020🏆 #LBF10anos

Uma publicação compartilhada por Liga de Basquete Feminino (@lbf.oficial) em

Caso fosse realizada, a competição aconteceria em agosto em duas sedes, com apenas um turno e jogos únicos nos playoffs.

Também estavam previstos os protocolos de saúde, como testagem para o coronavírus de atletas e comissões e distanciamento fora das quadras. O formato chegou a ser aprovado pelas equipes, mas foi anulado pela decisão desta terça.

“Acreditamos que foi a melhor forma possível. Com essa medida, nós conseguimos preservar a todos, e torcemos para que possamos fazer, em 2021, uma temporada muito mais forte. Agradecemos a todos os patrocinadores, equipes, comissões, todos que se empenharam ao máximo nesta questão”, concluiu o executivo.

Jogadoras aprovam decisão

Ala/armadora do Blumenau e Presidente da Comissão de Atletas da LBF, Mariana Camargo também comentou a decisão.

“Claro que não jogar um campeonato tão importante quanto a LBF não é algo que alguma atleta quer ou espera, mas com tudo que está acontecendo e esse cenário que estamos vivendo, cancelar com certeza foi a decisão mais sensata, assim como a suspensão temporária do campeonato há 3 meses atrás”, disse a atleta.

“Muito importante esse cuidado com atletas, comissão e todos que fazem parte da LBF de alguma forma. Espero que possamos superar essa pandemia o mais breve possível, com a ajuda de todos, e assim voltar a fazer o que mais amamos”, finalizou Mariana Camargo.

Nessa terça-feira (22), a Liga de Basquete Feminino (LBF) optou por cancelar a temporada que se iniciou em março por conta da pandemia do coronavírus
Ala/armadora do Blumenau e Presidente da Comissão de Atletas da LBF, Mariana Camargo concordou com a decisão de cancelar a temporada (Juca Ferreira-Funvic/Ituano)

A décima temporada da LBF CAIXA começou em 8 de março, Dia Internacional da Mulher, mas foi paralisada seis dias depois após apenas três partidas. Oito equipes de quatro estados estavam na disputa: Blumenau-SC, Ituano Basquete-SP, Sodiê Doces/LSB-RJ, Pró-Esporte/Sorocaba-SP, Sampaio Basquete-MA, Santo André/Apaba-SP, SESI Araraquara-SP e Vera Cruz Campinas-SP.

Mais em Basquete