Siga o OTD

Seleção - Pré-Olímpico Mundial de basquete

Basquete

Seleção embarca para a Europa para o Pré-Olímpico

Equipe embarcou nesta tarde para a Sérvia, onde fará treinos e um amistoso, antes de ir para a França, sede do Pré-Olímpico.

(Foto: Divulgação/CBB)

Seleção embarca para a Europa para o Pré-Olímpico

A Seleção feminina de basquete embarcou nesta segunda-feira para a Europa para a disputa do Pré-Olímpico Mundial, que será realizado na França. O grupo partiu do Rio de Janeiro, no começo da tarde, com destino a Belgrado, na Sérvia. O Brasil treina na capital sérvia e no dia 3 de fevereiro faz um amistoso com o time da casa. No dia 4, a equipe desembarca em Bourges, que será sede do torneio com Brasil, Porto Rico, França e Austrália.

“Viajamos motivadas, sabendo que fizemos uma excelente preparação no Brasil, e também que vamos dar sequência na Europa antes da estreia no Pré-Olímpico, inclusive com o amistoso contra a Sérvia, que será importante. Estamos confiantes em fazer um ótimo torneio e conseguir a vaga para o Brasil, apesar de sabermos das dificuldades”, disse a ala Rapha Monteiro.

Veja também:
José Neto define o grupo que defende o Brasil no Pré-Olímpico

A estreia brasileira está marcada para o dia 6 de fevereiro, às 14h (de Brasília), contra Porto Rico. A segunda partida será no dia 8, diante da França. O Brasil se despede da disputa no dia 9, às 10h, contra a Austrália. O Pré-Olímpico de Bourges irá distribuir três vagas nas Olimpíadas de Tóquio 2020.

O técnico José Neto definiu no último domingo o grupo para o Pré-Olímpico. Ao todo, 13 atletas estarão na Europa. Damiris, Erika e Clarissa se encontram com o grupo por lá. As novidades do Pré-Olímpico das Américas ficam por conta da pivô Carolina e da armadora Alana. Lesionada, a pivô Nádia Colhado não pôde participar dessa etapa de treinos, assim como a pivô Stephanie Soares, com compromissos universitários nos Estados Unidos.

A seleção feminina vem numa crescente. O Brasil conquistou os Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, quebrando um jejum que vinha desde 1991. Depois, foi bronze na AmeriCup, fazendo ótimos jogos contra Canadá e Estados Unidos. Por último, venceu Argentina e Colômbia no Pré-Olímpico das Américas para se classificar para o Pré-Olímpico Mundial de Bourges.

Mais em Basquete