Siga o OTD

Basquete

Brasil vence Argentina na estreia do Torneio de Lyon

CAB

Brasil vence Argentina na estreia do Torneio de Lyon

A seleção brasileira de basquete começou o Torneio de Lyon com o pé direito nesta quinta-feira (15). O Brasil derrotou a Argentina, que acabou de ser campeã Pan-Americana, por 89 a 82, e começou bem a preparação para a Copa do Mundo de Basquete, que será disputada na China a partir do dia 31 de agosto.

O Brasil começou mesclando a experiência de Marcelinho Huertas e Anderson Varejão com a juventude de Didi e Bruno Caboclo, abrindo 7 a 2. Entretanto os argentinos equilibraram o jogo e empataram pouco depois da metade do primeiro quarto, em 12 a 12, com uma cesta de três pontos do eterno Luis Scola, que colocou os hermanos em vantagem logo depois com uma bola característica no garrafão.

A pausa de Petrovic veio após uma bola de três pontos de Nicolas Brussino da zona morta, que colocou a Argentina em vantagem de 19 a 14. Laprovittola acertou uma bola de três na volta do intervalo e colocou a maior vantagem do jogo, oito pontos. Nessa altura, as duas equipes já haviam começado a rotacionar, e jogadores como Cristiano Felício e Yago foram para a quadra. Com eles, o Brasil virou em 25 a 24 com uma bola de três do veteraníssimo Alex Garcia. O primeiro quarto acabou com vantagem brasileira de dois pontos, 29 a 27.

O Brasil voltou com veteranos como Leandrinho e Marquinhos  e fez os primeiros pontos da parcial. O jogador mais perigoso da Argentina era Gabriel Deck, atleta do Real Madrid. As seleções trocaram cestas até a Argentina empatar em 40 a 40 com uma cesta de Vildoza. Depois disso a partida teve quase quatro minutos sem pontos, tanto por erros quanto por boas ações defensivas, como um belo toco de Augusto Lima. O placar só mudou quando Scola acertou um lance livre, com pouco menos de três minutos restando para o fim do primeiro tempo.

Um belo arremesso de três pontos de Marcelinho Huertas colocou o Brasil em uma vantagem de quatro pontos, 49 a 45, e pouco depois uma jogada trabalhada com Varejão no garrafão levou o jogo para o intervalo com 51 a 45 no placar para o Brasil.

A Argentina voltou um pouco melhor do intervalo e empatou a partida em 55 a 55 com uma bola de três pontos de Nicolas Laprovittola, que foi respondida de pronto por uma cesta de três de Yago. Sob a experiência de Leandrinho e com Felício se impondo no garrafão, o Brasil voltou a abrir, indo a 63 a 57.O pedido de tempo Argentino foi crucial e eles fizeram sete pontos seguidos, exigindo que Petrovic parasse o jogo também.

O tempo brecou a Argentina e o Brasil assumiu a ponta de novo com 67 a 66. Na entrada do último quarto as experiências com rotações acabaram e as duas seleções estavam em quadra com os times teoricamente titulares. O jogo estava empatado em 74 a 74 quando Benite fez uma cesta de três quase um metro atrás da linha. Na sequência Didi forçou um desperdício da Argentina no ataque. Benite fez mais dois em jogada individual da zona morta.

O armador fez mais dois em infiltração e subitamente o Brasil estava vencendo por 81 a 77. Varejão aproveitou bom passe de Huertas no garrafão para aumentar a vantagem brasileira. A seleção entrou nos minutos finais  com muitas faltas e os argentinos aproveitaram para encostar no placar. Petrovic apostou em todos os veteranos em quadra no final (Leandrinho, Alex, Varejão, Marquinhos, Huertas) e deu certo, com Alex fazendo 87 a 81. No final do jogo os argentinos forçaram faltas para estender a posse de bola, mas sem sucesso.

Mais em Basquete