Siga o OTD

Basquete

Botafogo bate Flamengo e se mantém vivo no NBB

Alvinegro fez 81 a 77 na casa do rival pela terceira partida semifinal do NBB e agora recebe o rubro negro no quarto jogo da série

Cauê foi o cestinha do jogo e decisivo nos segundos finais (Divulgação NBB)

O Botafogo venceu o Flamengo por 81 a 77 neste sábado (11), no Tijuca Tênis Clube, pela terceira partida da série melhor de cinco que vai definir o segundo finalista da atual temporada do NBB. Com isso, impõe a primeira derrota para os rivais na pós temporada, faz 2 a 1 na semifinal e força o quarto jogo, que será na casa alvinegra.

O jogo foi travado na maior parte do tempo e, como não poderia deixar de ser, a tensão atingiu níveis estratosféricos na metade final do último quarto. Foi aí que Cauê e Jamaal foram decisivos pelo lado do Botafogo, e Marquinhos falhou em horas decisivas pelo lado do Flamengo.

Cauê foi o cestinha da partida, com 21 pontos, mas ele foi realmente decisivo nos segundos finais quando o jogo virou uma batalha de lances livres. Colocou quatro e ainda pegou um rebote na defesa, após Marquinhos errar um.

O ala do Flamengo anotou 17 pontos, foi quem mais marcou para o time da casa, mas além de errar esse lance livre decisivo, perdera outros antes que fizeram falta no final. Terminou com 8 de 13 no fundamento.

Jamaal, por sua vez, marcou outros 17 pontos para o Fogão, sendo dois deles durante a batalha dos lances livres. Mas sua atuação foi marcante um pouco antes antes, quando Flamengo comandava o placar e esboçava abrir uma vantagem.

Nesse momento, o norte americano meteu uma bola de três, deixou Diego livre para colocar outra (veja abaixo) e ainda roubou uma bola no ataque do Flamengo, sofreu falta no contra-ataque e matou os dois lances livres. Após seu pequeno show, o cronômetro marcava 1min3s para o fim e o Botafogo vencia por quatro.

O jogo

O Botafogo começou melhor e foi o primeiro a abrir vantagem, no 10 a 4. O Flamengo esboçou uma reação com a primeira bola de três do jogo, de Marquinhos, mas no ataque seguinte Arthur devolveu e manteve os seis de frente. A seguir, outra bola alvinegra do perímetro e o placar foi para 16 a 7.

O Rubro-Negro parou o jogo e voltou um pouco melhor, conseguindo descontar a vantagem dos rivais para cinco pontos no fechamento do primeiro quarto. O placar da semifinal do NBB ficou em 19 a 14.

A segunda parcial começou com o Botafogo conseguindo manter o Flamengo a mais de uma posse atrás. Com uma bola de três de Murilo, o alvinegro levou a vantagem para 29 a 21 e, logo a seguir, para dois dígitos no 31 a 21, maior diferença no placar.

O técnico do Rubro-Negro, Gustavo de Conti, voltou a parar o jogo e o time respondeu em quadra. Em dois ataques cortou pela metade a distância. A seguir, Cauê fez uma de fora, mas Varejão respondeu também de fora. Foi quando uma falta antidesportiva do mesmo Cauê deu a chance para o Flamengo passar à frente.

E eles aproveitaram. Primeiro Marquinhos matou os dois lances livres. Depois, Olivinha, de fora, colocou o Flamengo à frente do placar pela primeira vez no jogo, com 39 a 38. O Botafogo se recuperou ainda antes do fim do primeiro tempo, indo para os vestiários na frente com 40 a 39.

Segundo tempo

A volta do intervalo começou com o jogo bem travado, com muito contato. Assim que os times se soltaram, o Flamengo voltou à frente do placar e abriu sua maior vantagem até então. Em dois lances livres convertidos por Nesbitt, fez com 54 a 48 quando faltavam menos de quatro minutos para o fim do período. Diego respondeu no ataque seguinte com uma de três.

A seguir, em duas jogadas de Rafa Mineiro o Flamengo colocou sete de frente. Primeiro ele fez uma bandeja livrinho debaixo da cesta. Depois deu um toco sensacional e, no contra-ataque, Balbi elevou a vantagem para 59 a 52. Em uma bola de três de Jamaal o Botafogo voltou a encostar, mas o terceiro quarto foi do Flamengo: 21 a 16.

O quarto final começou com o Mengão na frente por quatro pontos, com 60 a 56. Valente, o Botafogo não se entregou e começou o período decisivo trocando cesta com o rival. Até que em uma bola de três de Cauê o alvinegro voltou a comandar o placar, no 63 a 62, e em outra de Arthur abriu para 65 a 62.

Quando o relógio baixou de cinco minutos, o jogo virou uma guerra! A torcida aumentou o volume e, em casa, o Flamengo se recuperou e colocou 67 a 65. Mas o Botafogo não se entregou e empatou em 67. Foi aí que Jamaal, com quatro faltas havia muito tempo, e Cauê começaram a decidir o jogo. Com a ‘ajuda’ de Marquinhos. E a semifinal do NBB vai para o quarto jogo.

AGENDA DO DIA

Mais em Basquete