Siga o OTD

Coronavírus

Federação faz alterações no calendário e cancela três torneios

Torneios na Índia, Coreia do Sul e Austrália foram cancelados duas semanas após BWF divulgar plano para retomada da modalidade

BWF voltou atrás em relação ao primeiro internacional no pós-pandemia (Divulgação/BWF)

Federação faz alterações no calendário e cancela três torneios

A Federação Internacional de Badminton (BWF) anunciou alterações no calendário e o cancelamento de três torneios nesta quarta-feira (4). Levando em consideração o estágio da pandemia do novo coronavírus em diversos países, competições que seriam realizadas na Austrália, Índia e Coreia do Sul estão canceladas.

Há duas semanas, inclusive, a BWF havia emitido uma nota programando a retomada dos torneios internacionais para agosto. O Aberto de Hyderabad, na Índia, entre os dias 11 e 16 de agosto, seria a primeira etapa após pandemia do novo coronavírus, mas com o crescimento dos casos no país, a entidade e as autoridades locais chegaram a um acordo para que o evento seja cancelado.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

O secretário-geral da BWF, Thomas Lund, falou sobre a mudança repentina nos torneios do badminton. “As circunstâncias mudaram e continuarão a mudar em certos países e territórios e, portanto, pode ser necessário que a BWF faça atualizações adicionais ao status dos torneios, quando e se necessário.

“Essas mudanças anunciadas hoje são necessárias, mas não afetam diretamente o novo calendário de torneios da BWF, que foi criado para permitir mudanças como parte de nossa estrutura para o possível retorno do badminton”, acrescentou.

Cancelamentos e torneios adiados

Torneios na Índia, Coreia do Sul e Austrália foram cancelados duas semanas após BWF divulgar calendário para retomada do badminton por conta do coronavírus
Calendário do badminton vem sofrendo com o coronavírus (Divulgação/BWF)

O Aberto de badminton da Austrália, inicialmente previsto para julho, também está cancelado e não faz mais parte do calendário deste ano. A Coreia do Sul, por sua vez, não receberá mais uma etapa do Circuito Mundial, programada para novembro, mas o aberto do país asiático segue marcado para acontecer entre os dias oito e 13 de setembro.

Os abertos de Alemanha e Suíça, países em estágio avançado de controle ao coronavírus, estavam previstos para acontecer em março, mas seguem suspensos e com chances de serem realizados, assim como o Campeonato Europeu, que estava programado para ser realizado em abril na França.

Mais em Coronavírus