Siga o OTD

Atletismo

Vitória Rosa é bronze nos 100m e 200m no GP de Poznan

Vitória Rosa vai ao pódio nos 100m e nos 200m rasos do Grand Prix de Poznan, na Polônia

Vitória Rosa bronze nos 100m e 200m no Grand Prix Poznan atletismo
(Foto: Arquivo/Miriam Jeske/COB)

Em grande fase na carreira, Vitória Rosa ficou em terceiro lugar nos 100m e 200m rasos do Grand Prix de Poznan de atletismo, disputado nesta sexta-feira (27). O evento, que é de nível bronze no Continental Tour da World Athletics, contou com outros cinco brasileiros, com destaque para Guilherme Kurtz, que foi terceiro colocado nos 1.000m rasos.

+ Patrick Sampaio vai à final da barra fixa na Copa do Mundo de ginástica artística

Ganhadora de dois ouros no Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, Vitória garantiu mais dois pódios para seu currículo. Nos 100m, ela marcou 11s31 e ficou atrás da britânica Imani Lansiquot, com 11s15, e da polonesa Anna Kielbasinska, com 11s26. Já nos 200m, seu tempo foi de 22s96, ficando atrás da dinamarquesa Ida Karstof, com 22s81, e de Lansiquot, com 22s93.

Apesar de ir ao pódio, Vitória Rosa perdeu sua invencibilidade na temporada outdoor. Neste ano, ela havia vencido todas as provas que disputara, tanto nos 100m quanto nos 200m. Seu melhor resultado nos 100m na temporada foi um 11s05, enquanto nos 200m, a melhor marca é de 22s68. Ambos os tempos foram registrados no GP Brasil, no início de maio.

Outras provas

Algumas provas não-olímpicas foram disputadas no Grand Prix de Poznan. Em uma delas, Guilherme Kurtz ficou em terceiro lugar, nos 1.000m rasos. Ele anotou o tempo de 2min21s39, ficando atrás do britãnico Ben Pattison, com 2min19s27, e do polonês Michal Rozmys, com 2min19s74.

Tabata Carvalho disputou os 300m rasos e terminou em quarto lugar, com a marca de 37s82, seu recorde pessoal na distância. O pódio da prova foi dominado pela Polônia, com Anna Kielbasinska vencendo com o tempo de 36s34, novo melhor tempo do ano no mundo nesta distância. Já Simone Ferraz foi a quinta colocada nos 2.000m com obstáculos, com 6min34s40. A alemã Lea Meyer foi a vencedora com novo recorde pessoal na distância, a 6min16s53.

Gabriele Santos foi a nona colocada no salto triplo feminino, conseguindo 13,12m em sua última tentativa. A marca foi bem distante de seu melhor registro no ano, que é de 14,03m. O ouro no Grand Prix de Poznan ficou com a italiana Ottavia Cestanaro, com 14,02m.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Entre os competidores não brasileiros no Grand Prix de Poznan, destaque para o polonês Piotr Lisek, que foi finalista olímpico no salto com vara em Tóquio-2020 e é um dos grandes nomes da modalidade na atualidade. Competindo em casa, Lisek foi o vencedor com um modesto 5,41m.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Atletismo