Siga o OTD

Thiago Braz Etapa de Mônaco da Liga Diamante Salto com Vara Mônaco

Atletismo

Thiago Braz evolui, salta 5,80 m e fica em terceiro lugar em meeting na Polônia

Brasileiro Thiago Braz saltou 0,20 m melhor do que a estreia dele na temporada e ganhou a medalha de bronze em meeting indoor na Polônia

(twitter/WorldAthletics)

Thiago Braz evolui, salta 5,80 m e fica em terceiro lugar em meeting na Polônia

Depois de tido uma nada animadora estreia na temporada, Thiago Braz mostrou evolução, conseguiu saltar 5,80 m (0,20 m a mais do que na terça-feira) e ficou com a medalha de bronze em meeting disputado em Lodz, na Polônia, etapa de bronze do Circuito Mundial indoor de atletismo.

A medalha de ouro ficou para o americano Sam Kendricks, que pulou 5,86 m, mesma marca alcançada pelo filipino Ernest-John Obiena, mas o atleta dos Estados Unidos precisou de menos saltos para alcançar a altura e, por isso, ficou com a medalha de ouro, deixando o asiático com a prata.

Thiago Braz começou a prova com o sarrafo a 5,40 m e o ultrapassou sem problemas logo na primeira tentativa. A partir das outras marcas, o brasileiro já encontrou mais dificuldades.

Para conseguir passar dos 5,60 m, que foi a altura alcançada na estreia da temporada, no meeting indoor de Lievin, Thiago Braz precisou de três tentativas. Depois de derrubar o sarrafo nas duas primeiras, o brasileiro só conseguiu ultrapassar a marca na última.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

O mesmo aconteceu nos 5,72 m. Thiago Braz errou duas vezes, mas conseguiu passar na terceira. Dos oito competidores, apenas quatro continuavam vivos para tentar passar dos 5,80 m.

O brasileiro, desta vez, só errou a primeira e já passou logo na segunda. Ídolo local, o polonês Piotr Lisek errou suas três tentativas e terminou na quarta colocação.

Assim, Thiago Braz já tinha a medalha de bronze garantida. O americano Sam Kedricks ultrapassou 5,86 m no primeiro salto, enquanto o filipino Ernest-John Obiena só conseguiu vencer a altura na última tentativa. Já o brasileiro tentou três vezes, mas errou todas e terminou mesmo em terceiro lugar.

Na disputa pelo ouro, Obiena errou suas três tentativas a 5,91 m. Como o filipino não passou, Sam Kendricks nem precisou saltar a marca para comemorar a medalha de ouro, já que tinha errado apenas uma, em 5,80 m, de suas tentativas. O americano ultrapassou de primeira todas as outras marcas: 5,40 m, 5,60 m, 5,72 m e 5,86 m.

Mas Sam Kendricks queria mais. O atleta dos Estados Unidos colocou o sarrafo a 6,02 m, mas errou as três tentativas. Sem problemas! Afinal, o ouro já estava mais do que garantido.

Mais em Atletismo