Siga o OTD

Pinheiros campeão do Troféu Brasil de Atletismo

Atletismo

Pinheiros conquista mais um título do Troféu Brasil de Atletismo

Marcio Teles, da Orcampi, vencedor dos 400 m com barreiras, e Gabriele Santos, do Memorial, ganhadora do triplo, ficaram com os títulos de melhores atletas da maior competição de clubes da América Latina

Wagner Carmo/CBAt

Pinheiros conquista mais um título do Troféu Brasil de Atletismo

O Pinheiros manteve o favoritismo e conquistou mais um título do Troféu Brasil de Atletismo, encerrado neste domingo (1), na cidade de Bragança Paulista, em São Paulo. O clube paulistano somou 550,5 pontos na classificação geral, vencendo tanto na categoria masculina, com 334,5 pontos, quanto na feminina, com 216.

Marcio Teles (Orcampi Unimed) e Gabriele Sousa dos Santos (Memorial) foram os escolhidos os destaques individuais da competição por uma comissão de treinadores, eleita durante o Congresso Técnico de quarta-feira (28). Marcio quebrou o recorde do torneio dos 400 m com barreiras, com 48.60, ratificando o índice para o Campeonato Mundial de Doha. Já Gabriele venceu o salto triplo, com 14,06 m (4.0).

Cláudio Castilho, gerente de esportes olímpicos do Pinheiros, comentou o resultado. “Sabíamos que a possibilidade de ganhar o título era grande, mas tivemos de administrar algumas dificuldades, como ganhar o Troféu e, ao mesmo tempo, preservar alguns atletas mais desgastados pela temporada”.

Gabriele Santos, destaque individual do Troféu Brasil de Atletismo

Gabriele Santos (Wagner Carmo/CBAt)

“Se tivemos de poupar vários atletas importantes, conseguimos dar a oportunidade de protagonismo para os mais jovens, que estão fora do Mundial e são promessas no futuro”, afirmou o gestor do campeão do Troféu Brasil de Atletismo.

A Orcampi Unimed ficou em segundo lugar no masculino (142 pontos), no feminino (177) e no geral (319 pontos). IEMA ficou em terceiro lugar no geral, com 129,5, seguido do Memorial, com 94, e da UCA, com 84 pontos. Dos 117 clubes participantes, 80 marcaram pontos.

Os últimos pontos do Pinheiros foram obtidos na prova do salto com vara, que só foi realizada após sucessivos adiamentos por causa da chuva. A competição acabou sendo disputada na pista indoor do CNDA. Augusto Dutra foi o vencedor, com 5,51 m, mesmo resultado de Thiago Braz, campeão olímpico no Rio 2016, segundo colocado.

“Foi uma prova muito complicada. Comecei o aquecimento às 14 horas, mas não faz mal. Estou muito feliz com mais uma medalha de ouro”, disse Augusto, que ganhou o quinto título do Troféu Brasil de Atletismo. “Queria um resultado melhor, mas devido às circunstâncias estou satisfeito por participar de mais um Troféu Brasil”, comentou Thiago, que viaja nesta terça-feira (3) para a Itália, onde fará a preparação final para o Mundial de Doha. Augusto também está qualificado para a competição do Catar.

Marcio Teles, destaque individual do Troféu Brasil de Atletismo

Marcio Teles (Wagner Carmo/CBAt)

O quadro geral de medalhas por Estados, São Paulo garantiu o primeiro lugar, com 94 conquistas, sendo 34 de ouro, 35 de prata e 25 de bronze. O Distrito Federal ficou em segundo, com 4 (3, 0 e 1), enquanto o Paraná terminou em terceiro, com 9 (2, 3 e 4).

“Foi um Troféu Brasil de Atletismo extraordinário, não só pelos resultados da competição, mas também porque mostrou a grande renovação do atletismo brasileiro, com garotos sub-20 e sub-23 fazendo resultados espetaculares. Temos uma boa perspectiva para o Mundial Sub-20 do ano que vem. E podemos dizer que estamos prontos para 2020, 2024 e 2028. Temos de agradecer o grande apoio que recebemos do COB e da Caixa, nosso patrocinador máster, para realizar a maior competição de clubes da América Latina. E agradecer também a Prefeitura de Bragança e a Câmara Municipal. Fiquei muito feliz com o resultado final desse Troféu Brasil”, avaliou Warlindo Carneiro da Silva Filho, presidente do Conselho de Administração da CBAt.

Mais em Atletismo