Siga o OTD

Vôlei

Em jogo dramático, Minas vence Volero Le Cannet no Mundial

O Minas Tênis Clube estreou no Campeonato Mundial de clubes de vôlei feminino com uma vitória sobre o Volero Le Cannet, da França.

Em jogo dramático, Minas vence Volero Le Cannet no Mundial
Divulgação/FIVB

Após 26 anos, o Minas Tênis Clube volta a disputar o Campeonato Mundial de Clubes. A estreia minastenista na maior e mais importante competição interclubes do planeta aconteceu nesta terça-feira (4), diante do Volero Le Cannet, da França. Em jogo dramático, de altos e baixos, a equipe brasileira venceu no tie-break, por 3 sets a 2.

+CONFIRA A TABELA DO MUNDIAL

O Minas abriu o placar sobre o Volero Le Cannet, mas logo sofreu a virada. Até a metade do set, o jogo se manteve equilibrado, mas o final da etapa teve a equipe francesa muito superior. O Minas chegou a encostar no placar em 10 x 11, mas viu as francesas se distanciarem de novo. Com muitos erros consecutivos das brasileiras, o set foi fechado em 25 x 17 para o Le Cannet.

As brasileiras começaram o segundo set em vantagem, mas viram a equipe francesa virar o placar em 14 x 13. Ainda assim, mantendo o equilíbrio, o Minas conseguiu aproveitar melhor os contra-ataques, além de ter melhorado sua recepção, e fechou a contagem parcial em 25 x 20.

Mais uma vez, o Minas abriu o placar no terceiro set. Melhores em quadra, as brasileiras dominaram o jogo e chegaram à reta final da parcial com mais tranquilidade e distância no placar, fechando em 25 x 16.

Ao contrário dos últimos sets, o jogo não começou equilibrado no quarto set, com o Volero Le Cannet alcançando uma vantagem de quatro pontos. Na sequência, o Minas empatou, mas deixou a diferença do placar crescer novamente, para nove pontos. Passes e ataques ruins causaram muitos pontos perdidos para o Minas, que perdeu pela mesma parcial do primeiro set, 25 x 17.

No tie-break, o equilíbrio do jogo voltou. A equipe francesa abriu o placar, mas logo o Minas igualou e tomou a frente da contagem. Apesar de ter conquistado cinco pontos de vantagem, a equipe mineira deixou o Volero Le Cannet encostar em 11 x 10. Mesmo assim, contando com a importante atuação de Carol Carol Gattaz – responsável por 19 pontos -, o Minas fechou a contagem em 16 x 14. Mesmo saindo de quadra derrotada, a maior pontuadora da partida foi a cubana Heidy Casanova Alvarez, com 25.

Delegação na China

O Minas está em Shaoxing com as ponteiras Gabi, Natália e Lana; com as centrais Carol Gattaz, Mara e Mayany; com as opostas Bruna Honório e Malu; com as levantadores Macrís e Bruninha; e com as líberos Léia e Georgia. Na comissão técnica estão o técnico Stefano Lavarini, o assistente técnico Durval Nunes (Duda), o preparador físico Alexandre Marinho, a fisioterapeuta Marcela Gomide, o estatístico Rodrigo Fuentealba, o gerente de vôlei feminino Jarbas Soares Ferreira, a diretora de vôlei feminino Keyla Monadjemi e o diretor médico Rodrigo Otávio.

Mais em Vôlei