Siga o OTD

Tênis de Mesa

Hugo Calderano entra pela 1ª vez no Top 10 do ranking mundial

Hugo Calderano começou o ano em 17º. lugar no ranking mundial do tênis de mesa, mas graças ao vice-campeonato no Aberto do Qatar e do excelente desempenho no Mundial por equipes, entrou no top 10 

Hugo Calderano fez história neste sábado mesmo sem entrar em ação para jogar. No último dia de suas férias, quando estava a caminho do Rio de Janeiro para a Alemanha, onde defende o Ochsenhausen na Bundesliga, recebeu a notícia de que pela primeira vez em sua carreira entrou no Top 10 do ranking mundial. A nova lista foi publicada pela Federação Internacional de tênis de mesa neste domingo. O brasileiro, que ocupava o 11º. lugar desde maio, subiu uma posição, ultrapassando o japonês Koni Niwa, que caiu do nono para o 12º. lugar.

A pontuação do ranking mundial é baseada nos oito melhores resultados obtidos por cada jogador nos últimos 12 meses. Apenas os Campeonatos Mundiais, que são disputados de dois em dois anos, têm validade maior. Hugo Calderano começou o ano em 17º. lugar, mas o vice-campeonato na etapa platinum do Qatar e o ótimo desempenho no Mundial por equipes, em que o Brasil chegou até as quartas de final, fizeram com que o mesatenista disparasse no ranking para assumir a décima colocação.

O torneio que mais rendeu pontos a Hugo Calderano nos últimos 12 meses foi exatamente o Aberto do Qatar. Apesar da derrota para Fan Zhandong na final, o brasileiro somou 2025 pontos. Já o Mundial por equipes rendeu a ele 2000 pontos. Também fazem parte da soma os seguintes resultados: título do Pan-Americano de 2017 (1800), quartas de final do Aberto da Áustria do ano passado (1575), segunda rodada do Mundial de 2017 (1500), semifinal do Aberto da República Tcheca de 2017 (1440), semifinal do Aberto da Hungria de 2017 (1440) e quartas de final da Copa do Mundo por equipes de 2018 (900).

Ao todo, Hugo Calderano tem 12680 pontos. O líder é o chinês Fan Zhendong com 17001. Entre os dez primeiros, estão sete asiáticos (quatro chineses, um sul-coreano, um japonês e um de Hong Kong), dois alemães e o brasileiro. Confira a lista:

Ranking Mundial de tênis de mesa – Julho de 2018

  1. Fan Zhendong (China), 17.001
  2. Timo Boll (Alemanha), 15.205
  3. Lin Gaoyuan (China), 14.964
  4. Dimitrij Ovtcharov (Alemanha), 14.465
  5. Xu Xin (China), 13.735
  6. Ma Long (China), 13.500
  7. Lee Sangsu (Coreia do Sul), 13.149
  8. Tomokazu Harimoto (Japão), 13.034
  9. Wong Chun Ting (Hong Kong), 12.969
  10. Hugo Calderano (Brasil), 12.680

Mas, entre os brasileiros, não foi só Hugo Calderano que subiu no ranking mundial de tênis de mesa, Gustavo Tsuboi chegou a 7.979 pontos e subiu do 45º. para o 42º. lugar. Eric Jouti ganhou cinco posições e agora é o 80º. colocado. Thiago Monteiro passou de 114º. para 105º. na lista. Vitor Ishiy ganhou 29 posições, saltando do número 147 para o 118. Já Cazuo Matsumoto ganhou 14 posições e agora ocupa o 210º. lugar.

No feminino, a melhor brasileira é Bruna Takahashi, que subiu do 83º. lugar para o 67º. posto do ranking mundial. Lin Gui subiu 25 posições e agora está na 93ª. posição. Caroline Kumahara avançou 11 lugares e está em 169º. e Bruna Alexandre subiu do 325º. para o 321º. lugar. Mas quem mais cresceu na lista de junho foi Jessica Yamada, que pulou de 505º. para 362º.

Mais em Tênis de Mesa