Siga o OTD

Futebol

Frangaço de goleiro dá 3º. lugar ao Brasil no Mundial Sub-17

A Seleção Brasileira conquistou neste sábado o terceiro lugar do Mundial Sub-17 ao derrotar Mali por 2 a 0 na decisão da medalha de bronze. A equipe comandada por Carlos Amadeu não fez uma boa partida e foi dominada pelos africanos na maior parte do tempo. A sorte é que o goleiro Koita falhou feito em um chute despretencioso de Alanzinho, deixou a bola passar por entre as pernas e abriu o caminho para a vitória verde e amarela.
Veja acima o vídeo dos gols de Brasil x Mali.

+ CONFIRA A TABELA COMPLETA DO MUNDIAL SUB-17

O Jogo

O duelo começou movimentado com as seleções buscando com gol desde o apito inicial. A primeira chegada do Brasil veio aos oito minutos com Lincoln. Dentro da área, o atacante deixou a bola subir, tentou uma “puxeta”, mas o chute foi para fora. Aos 15, em boa trama brasileira, Wesley recebeu de Paulinho, cortou a marcação e finalizou com perigo. Mali também tentou responder em chutes de longa distância, mas Salam e Camara não acertaram o alvo. Aos 27 minutos, a Seleção Brasileira criou uma excelente oportunidade em lançamento de Victor Bobsin, mas a bola escapou do domínio do meia Paulinho e parou nas mãos de Koita. Na reta final do primeiro tempo, o goleiro Brazão apareceu bem e manteve o empate sem gols.

Na volta do intervalo, o Brasil voltou a assustar aos nove minutos com Brenner, que finalizou por cima do gol. No minuto seguinte, Alan pressionou a saída de bola, arrancou em direção ao gol e, na finalização, contou com a infelicidade do goleiro Koita para fazer 1 a 0. A Seleção Brasileira aproveitou o bom momento, foi para cima e quase ampliou com Brenner e Rodrigo Guth. Mali tentou responder com Kane, de cabeça, mas Brazão fez grande defesa e mandou para escanteio. O Brasil fechou o placar nos minutos finais da partida. Aos 43, Yuri Alberto não perdoou, deixou o dele e sacramentou a vitória brasileira por 2 a 0.

Depois do jogo, assim que o árbitro apitou o fim do jogo, o goleiro Koita, de Mali, se jogou no chão, chorando muito, se culpando pela derrota de seu país. Do outro lado, Gabriel Brazão comemorou a boa atuação e o terceiro lugar obtido pela Seleção Brasileira.

“A gente fica feliz! Nosso objetivo era o título, mas ser um dos três melhores do mundo é para se comemorar. Estamos há três ou quatro anos juntos. Hoje estamos felizes por este terceiro lugar porque trabalhamos muito e isso coroa todo o trabalho que fizemos. Vamos voltar com a cabeça erguida para o Brasil”, afirmou o goleiro do Cruzeiro.

BRASIL: Gabriel Brazão, Wesley, Vitão (c), Lucas Halter e Weverson; Victor Bobsin (Rodrigo Guth), Marcos Antônio e Alan (Rodrigo Nestor); Paulinho, Lincoln (Yuri Alberto) e Brenner.

 

Receba novidades do OTD

* = campo obrigatório

powered by MailChimp!

Mais em Futebol