Siga o OTD

Futebol

Maglia resolve, Ferroviária vence e está na semifinal da Libertadores

Com dois gols e uma assistência de Maglia, o time paulista venceu o atual campeão do torneio por 3 a 2 e se garantiu entre os quatro times semifinalistas

Acompanhe ao vivo: Ferroviária x Deportivo Cuenca - Libertadores
Tiago Pavini/Ferroviária SA

Pela primeira partida das quartas de final da Libertadores de futebol feminino, a Ferroviária enfrentou o Atlético Huila, em Quito, nesta segunda-feira (21). Com dois gols e uma assistência de Maglia, o time paulista venceu por 3 a 2 e se garantiu na semifinal da competição.

+ INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL DO YOUTUBE

No primeiro tempo, as duas equipes passaram a maior parte do tempo fazendo um jogo equilibrado. Nos primeiros minutos, tanto o Huila como a Ferroviária tiveram chances e não conseguiram abrir o placar. Com a igualdade de chances e de volume de jogo, um erro seria decisivo.

Aos 23 minutos, a Ferroviária errou na saída de bola, Luana perdeu o domínio para Romero, que invadiu a área, limpou a marcação e finalizou para abrir 1 a 0 no placar.

Mesmo com o resultado adverso, a Ferroviária manteve o estilo de jogo. Tendo mais posse de bola, a equipe brasileira voltou a levar perigo para o Huila, principalmente nas jogadas pelas pontas com Aline Milene e Nenê.

Em uma dessas jogadas pelas alas, o time brasileiro conseguiu o empate. Após cruzamento da direita de Nenê, Maglia apareceu sozinha na segunda trave para completar para o gol e empatar o marcador.

Depois do placar igualado, as duas equipes passaram a trocar passes e deixaram a marcação muito mais forte do que no começo do jogo, mantendo o marcador em 1 a 1 até o intervalo.

Na volta para o segundo tempo, a Ferroviária não demorou para marcar. Logo aos dois minutos, Aline Milene jogou a bola na área, Maglia ajeitou e Nathane conseguiu o toque para fazer o 2 a 1. Atrás do placar, o Huila buscou pressionar o time brasileiro e empatou mais uma vez o duelo.

Aos 12, Romero recebeu na ponta direita, carregou, entrou na área, cortou para o meio e finalizou no canto inferior direito sem chances para Luciana e fez o 2 a 2. Depois de marcar, o Huila pressionou durante alguns momentos e deixou a Ferroviária sob pressão, mas o time paulista soube responder.

Aos 17 minutos, após cobrança de escanteio, Maglia subiu sozinha na marca do pênalti e testou firme para o gol, a bola pegou na trave antes de entrar e fazer o 3 a 2. Na reta final, a Ferroviária conseguiu segurar a vantagem, soube administrar a o tempo e saiu com a vaga na semifinal da Libertadores feminina de 2019.

Mais em Futebol