Siga o OTD

Basquete

Brasil realiza segundo treino preparatório para a AmeriCup

Seleção Brasileira feminina derrota Porto Rico em amistoso antes da estreia contra a Colômbia; o repórter Paulino Lamenha conversou com José Neto e Virgil Lopez diretamente de San Juan

A Seleção Brasileira feminina de basquete já está em San Juan, capital de Porto Rico, ajustando os últimos detalhes antes da estreia da equipe na AmeriCup, a Copa América da modalidade. Nesta quinta-feira (19), o treinador José Neto foi para a quadra juntamente com o elenco para o segundo dia de treinamentos no Coliseo Roberto Clemente, sede das competições. Além disso, o time desafiou as donas da casa em amistoso de apenas três períodos e venceu por 63 a 58.

+ INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Campeão dos Jogos Pan-Americanos de Lima, o Brasil chega com moral para os duelos em solo porto-riquenho. Desta vez, a comissão técnica contou com mais tempo e atletas para a montagem do plantel. A expectativa é de seguir vivo na corrida olímpica para Tóquio, uma vez que Estados Unidos e Canadá contarão com o que têm de melhor.

+TABELA COMPLETA DA AMERICUP 2019

“Conseguimos uma boa preparação. Teremos a sequência de treinamentos, que começou lá no Pan. Agora, estamos agregando outras jogadoras. Temos que pensar passo a passo. Em Lima, foi suficiente. Trabalhamos um pouco mais para que seja suficiente neste momento também, queremos uma das vagas para continuar jogando na busca pelo Pré-Olímpico”, explicou José Neto.

“As outras equipes terão praticamente as mesmas jogadoras dos Jogos Pan-Americanos. Esse é o cenário. Em um Mundial, sabemos que Estados Unidos e Canadá são diferentes dos demais países das Américas. Vai aparecer exatamente isso na AmeriCup”, complementou.

O Brasil faz parte do Grupo B do torneio, ao lado de Colômbia, Argentina, Paraguai e Estados Unidos. O primeiro compromisso está marcado para domingo, justamente contra as colombianas. Do outro lado, Cuba, Canadá, México, Porto Rico e República Dominicana brigam por um lugar na próxima fase. Os dois líderes de cada chave avançam para as semifinais, enquanto os oito melhores ao término da disputa participarão do Pré-Olímpico Intercontinental em 2020.

AGENDA DO DIA

Mais em Basquete