Siga o OTD

Brasil x Irã - Liga das nações

Vôlei

Lucarelli comanda e Brasil vence mais uma na Liga das Nações

Lucarelli coloca 20 bolas no chão e é o grande nome da vitória brasileira por 3 sets a 1

(FIVB)

Lucarelli comanda e Brasil vence mais uma na Liga das Nações

Fechando a 11ª rodada da Liga das Nações masculina, o Brasil superou o Irã por 3 sets a 1, nesta quarta-feira (16), na Itália. Com 20 pontos de Lucarelli, a seleção brasileira conseguiu somar mais três pontos e segue na liderança da competição. Nesta quinta-feira (17), a equipe mede forças com a Austrália.

O jogo

Contando com alguns reservas no time titular, como Alan e Cachopa, o Brasil conseguiu colocar seu ritmo em quadra e não deu chances para os iranianos. Conseguindo sacar muito bem e com bom volume de defesas, a seleção brasileira abriu vantagem e em uma largadinha de Maurício Souza fechou em 25 a 19. 

-Tabela da Liga das Nações de vôlei masculino 2021

Na segunda parcial, o começo foi com as duas seleções. Depois de um começo bom do Brasil, os iranianos passaram a frente e a seleção brasileira voltou a crescer, empatando em 10 a 10. Na sequência do duelo, brasileiros e iranianos seguiram se alternando nos pontos e manteve a igualdade na maior parte do tempo. No momento da definição, o Irã cresceu no saque e no bloqueio e fechou em 25 a 23. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

No terceiro set de partida, a seleção brasileira cresceu no começo da parcial e abriu 8 a 6. Na continuação do duelo, o Brasil melhorou e abriu vantagem, colocando 17 a 13 no marcador. Na reta final, bastou para os brasileiros manter a virada de bola e em um ataque de Alan explorando o bloqueio para fechar em 25 a 19.

Lucarelli foi o grande nome do jogo com 20 pontos (FIVB)

Na quarta parcial, o Brasil foi superior a maior parte do tempo. Conseguindo impor seu ritmo, a seleção brasileira abriu vantagem e fez 18 a 11. Contudo, jogando a vida na partida, o Irã cresceu. Aproveitando contra-ataque atrás de contra-ataque, os iranianos deixaram o placar em 18 a 16. Na reta final, a seleção brasileira voltou a crescer, abriu vantagem e fechou em 25 a 21.

Mais em Vôlei