Siga o OTD

Vela

Kahena Kunze e Martine Grael começam ciclo olímpico com tudo

Martine Grael e Kahena Kunze garantem ouro na Copa do Mundo
CBVela

O calendário da vela brasileira foi movimentado nesse 1º ano de ciclo olímpico. Dando sequência aos bons  resultados no Rio 2016, como o ouro olímpico de Kahena Kunze e Martine Grael, atletas do Brasil terminaram o ano medalhistas e mostraram que para a próxima Olimpíada, o começo de trabalho é animador. 

Na olímpiada do Rio, tivemos Kahena Kunze e Martine Grael no alto do pódio olímpico, vencendo o ouro em casa. Em 2017, não só elas, mas Jorge Zarif, que bateu na trave e ficou com o 4º lugar na competição, Robert Scheidt e Torben Grael foram outros grandes nomes que figuraram nas notícias do Olimpíada Todo Dia.

Junto com sua dupla, Martine Grael, Kahena Kunze deu sequência no bom trabalho que rendeu conquistas. Logo no começo do ano, as meninas foram campeãs da Copa do Mundo de Vela, em Miami. As duas tiveram boas participações ao longo do ano em outras etapas do campeonato e ainda trouxeram a prata no Mundial de 49erx, disputado em setembro, em Portugal. Não à toa, as campeãs olímpicas foram indicadas ao Troféu Melhor do Ano pela 4ª vez seguida.

Martine e Kahena em ação pella Copa do Mundo de Vela, em Miami.  @Pedro Martinez / Sailing Energy / World Sailing

Uma das herdeiras da família Grael, Martine não parou por aí em seu ano e ainda disputou uma das regatas mais difíceis do mundo. Dando a volta ao mundo, a brasileira participou da equipe holandesa da Aszkonobel. O resultado não foi bom na 3ª etapa da Volvo Ocean Race para a campeã olímpica e seus companheiros, que terminaram em 7º na competição.

 

Jorge Zarif quase foi medalhista na Olimpíada do Rio 2016. O carioca ficou próximo de subir ao pódio terminando em 4º lugar. Em 2017, o jovem de 25 anos conhecido pelos parceiros de treino como “Jorginho” mostrou seu potencial e logo no começo do ano conquistou a etapa de Miami da Copa do Mundo de Vela.

Além desses nomes, um dos grandes atletsa da modalidade, Robert Scheidt também chamou atenção. Junto de Henry Boenning, Robert foi vice-campeão do SSL Finals.  A diferença da dupla brasileira para os campeões Paul Goodison (Reino Unido) e Frithjof Kleen, da Alemanha, foi de menos de um barco.

O lendário Torben Grael e Marcelo Ferreira estrearam o Hall da Fama do Brasil na modalidade. 

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vela