Siga o OTD

Thiago Monteiro - Thiago Wild - US Open

Tênis

Monteiro e Wild estreiam nesta terça-feira no US Open

Representantes do Brasil na chave de simples masculina, Monteiro e Wild estreiam contra favoritos e buscam surpreender

Thiago Monteiro é o número 83 do mundo (Instagram/thiagomonteiro94)

Monteiro e Wild estreiam nesta terça-feira no US Open

Thiago Monteiro e Thiago Wild estreiam nesta terça-feira (1) no US Open, em Nova York (EUA). Depois de abandonar a segunda rodada do qualificatório do Masters 1000 de Cincinnati por lesão, Monteiro garante estar recuperado e pronto para surpreender. Isso porque jogo será contra a grande promessa do tênis, Felix Auger-Aliassime, canadense de 20 anos e número 21 do mundo. A partida será por volta das 13h30 (de Brasília).

“É uma estreia dura, mas acho que vai ser um bom jogo. A gente vem treinando para enfrentar os grandes nomes do circuito. Ele é um cara novo, apontado para ser o futuro do tênis, é o favorito. Mas vou tentar usar bem o meu saque, ficar atento nas primeiras bolas que vem rápidas. As condições em Nova York estão bem boas e se eu estiver em um bom dia, acredito na vitória. Eu cheguei há muitos dias, joguei o quali de Cincinnati e apesar da lesão foi bom jogar. Foi leve e estou recuperado,” avaliou.

+Melo e Kubot seguem preparação para estreia no US Open

Nos últimos dias, Thiago Monteiro, já 100% depois de ter sofrido a lesão no adutor direito, aproveitou para treinar com diferentes tenistas. “Eu comecei a treinar bem desde quinta-feira e foram treinos variados. Treinei com o Jaume Munar, o Diego Schwartzman e hoje com o Andy Murray. Estou me sentindo bem e 100% preparado para fazer um bom jogo”.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Esta é a terceira vez que Thiago Monteiro, 83º colocado do rankin, joga o US Open na chave principal. Nas outras duas, em 2017 e 2019, ele perdeu na estreia.

Wild estreia em Grand Slams

Thiago Wild - US Open
Thiago Wild foi campeão do US Open juvenil em 2018 (Instagram/thiagoswild)

Thiago Wild, por sua vez, fará sua estreia em Grand Slams entre os adultos. E ele também terá um desafio pela frente na primeira rodada. O adversário será o veterano Daniel Evans, número 28 do mundo.

A expectativa, no entanto, é grande, uma vez que Wild, com 20 anos, conquistou seu primeiro título ATP em Santiago, em março. Além disso, ele conhece bem o US Open, já que foi campeão do torneio juvenil em 2018.

“Thiago tem condições de enfrentar o Evans com ambições, ser inteligente para jogar. Evans joga bem em quadra rápida, bom slice, resolve bem na rede, mas ainda é um pouco inconstante. Quando está nos seus melhores dias consegue vitórias contra grandes nomes, é experiente. Jogo bem difícil, mas se o Thiago conseguir impôr um bom volume e principalmente mentalmente conseguir administrar em um controle por ser um jogo de cinco sets, ele tem uma boa chance”, avaliou João Zwetsch, técnico de Wild.

Mais em Tênis