Siga o OTD

Marcelo Melo está treinando nos Estados Unidos a convite de Zverev

Coronavírus

Marcelo Melo está treinando na Flórida a convite de Zverev

Após o cancelamento do Masters 1000 de Indian Wells, o brasileiro decidiu ficar nos Estados Unidos para seguir treinando

Marcelo Melo realizou alguns treinamentos em Indian Wells antes de ir para a Flórida (Foto: Divulgação)

Marcelo Melo está treinando na Flórida a convite de Zverev

Mesmo com as competições do tênis suspensas até junho, Marcelo Melo segue com sua rotina de treinos. O mineiro está nos Estados Unidos, para onde tinha viajado antes do cancelamento do primeiro dos torneios afetados pelo Coronavírus, o Masters 1000 de Indian Wells.

Inicialmente, Marcelo Melo estava treinando no próprio local em que seria realizado a disputa, o Indian Wells Tennis Garden, na cidade de Indian Wells, na Califórnia. Agora, ele está fazendo suas atividades na Saddlebrook Tennis Academy, em Tampa, na Flórida, a convite do alemão Alexander Zverev.

“Decidi ficar treinando aqui nos Estados Unidos, seguindo todo um planejamento para esse período sem torneios, que a princípio era de seis semanas e, agora, foi prolongado. Cada tenista está fazendo sua programação para enfrentar essa pausa provocada pela pandemia”, disse.

Companhia de alto nível

Marcelo Melo não está trabalhando sozinho. Ele tem a companhia do amigo Alexander “Sascha” Zverev, alemão número sete no ranking de simples da ATP, com quem vêm realizando trabalhos tanto na parte física como na quadra.

“O Sascha, grande amigo, mais uma vez me convidou para treinar em Saddlebrook. Já vim em algumas semanas de pré-temporada e é muito bom estar de volta. Treino com ele às vezes aqui, às vezes nos torneios. O que temos a fazer durante essa pausa é manter a forma treinando e ficar na expectativa de voltar a jogar assim que a situação permitir”, afirmou o brasileiro.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NOINSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Saddlebrook é como se fosse a minha segunda casa. Venho há muito tempo aqui. É treinar, aproveitar toda esta estrutura e esperar que tudo fique bem logo, no meu país, no Brasil e em todo o mundo”, disse Zverev.

Rankings congelados

Inicialmente, a pausa no calendário seria de seis semanas, com as disputas retornando em 28 de abril. Mas, em novo comunicado, nesta quarta-feira (18), a ATP estendeu a paralisação no circuito até 7 de junho, com os torneios voltando apenas na temporada de grama, a partir do dia 8.

A ATP anunciou, também, o congelamento dos pontos dos rankings durante esse período, com os tenistas mantendo suas pontuações e colocações. Antes da paralisação, a conquista do ATP 500 de Acapulco, o primeiro título em 2020 de Melo e seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, somada à semifinal no Rio Open, fez com que a dupla subisse 34 posições na Corrida para Londres, ocupando a sexta colocação, com 815 pontos.

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

O ranking define as oito melhores parcerias do ano para a disputa do ATP Finals, no encerramento da temporada. Já no ranking mundial individual de duplas, Melo e Kubot ganharam três posições depois de Acapulco e aparecem no top 5, empatados em quinto lugar, com 5.140 pontos.

Mais em Coronavírus