Siga o OTD

Tênis

Orlando Luz e Rafael Matos são vice nas duplas em Montevidéu

Brasileiros perderam a final para os argentinos Andrés Molteni e Faccundo Bagnis por 2 sets a 1 com 12 a 10 no match tie break

Orlando Luz e Rafael Matos são vice no Challenger de Montevidéu
(divulgação)

Os brasileiros Orlando Luz e Rafael Matos ficaram com o vice-campeonato no Challenger de Montevidéu de tênis, na capital do Uruguai. No domingo (10), eles perderam a final para os argentinos Andrés Molteni e Faccundo Bagnis por 2 sets a 1, com 6/4, 7/5 e 12/10 nas parciais.

Orlando Luz e Rafael Matos chegaram na decisão após vencerem as três primeiras partidas, eliminando inclusive os primeiros cabeças de chave, Ariel Behar do Uruguai e Gonzalo Escobar do Equador, no segundo jogo, válido pelas quartas de final do Challenger do Uruguai.

Orlando Luz e Rafael Matos são vice no Challenger de Montevidéu
Rafael Matos e Orlando Luz, da direita para a esqueda (divulgação)

Na decisão eles enfrentaram os terceiros favoritos e perderam o saque no quarto game, mas reagiram e devolveram a quebra logo a seguir, no quinto. Porém, no sexto, Andrés Molteni e Faccundo Bagnis voltaram a pontuar no serviço de Luz e Matos. Os brasileiros reagiram e conseguiram a segunda quebra no nono, mas voltaram a perder o saque no décimo.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE

A segunda parcial teve treze break points, mas somente um foi aproveitado, justamente o último no 11º game, pelos brasileiros. A seguir eles empataram o jogo no 12º game da final do Challenger de Montevidéu.

O match tie break foi um retrato do jogo. Equilíbrio total sem que nenhuma das duplas conseguisse abrir mais do que dois pontos de frente. Os brasileiros saltavam um match point no 9/8 contra e perderam outro no 10/9 a favor. Acabaram sucumbindo no 12/10, quando tinham o saque.

Mais em Tênis

viagra