Siga o OTD

Surfe

Só três dos 11 brasileiros escapam da repescagem na etapa de Saquarema do Mundial

O mar da praia de Itaúna não ajudou muito. Com formações de 1,5m, mas volumosas e demoradas, as ondas dificultaram as ações dos atletas na primeira fase da etapa de Saquarema do Mundial de Surfe. Apesar de estarem surfando em casa, apenas três dos 11 brasileiros venceram suas baterias nesta terça-feira e garantiram a classificação antecipada para a segunda fase: Filipe Toledo, Adriano de Souza e Ian Gouveia.

O melhor desempenho entre os atletas do Brasil foi de Filipe Toledo, que somou 16,26 para vencer o australiano Ethan Ewing (10,84) e o português Frederico Morais (7,70). Em sua melhor onda do dia, Filipinho conseguiu a nota 8,93. Veja o vídeo.Já Adriano de Souza venceu uma bateria 100% brasileira. Com 12,26, Mineirinho superou Jadson André (10,26) e Wiggoly Dantas (8,97).  A classificação de Ian Gouveia veio com duas notas sólidas: 7,67 e 6,73. Somando 14,40, ele derrotou os australianos Adrian Buchan (13,53) e Matt Wilkinson (6,23). Veja os melhores momentos da participação do brasileiro.Duas eliminações de brasileiros na primeira fase da etapa de Saquarema do Mundial de surfe foram polêmicas. Bino Lopes, que foi chamado às pressas para substituir Kelly Slater, liderou a bateria desde o começo com as notas 5.33 e 5.73. No final, Jordy Smith, que precisava de 4,53 para vencer a bateria, pegou uma onda não muito boa, não conseguiu fazer muitas manobras e ainda assim recebeu 4,67 dos juízes para derrotar o surfista baiano por 0,14 de diferença.

Mas a maior controvérsia aconteceu na bateria de Yago Dora. O jovem brasileiro competiu de igual para igual com John John Florence, atual campeão mundial e líder do ranking da temporada. No finalzinho, o promissor surfista, que precisava de uma nota 9,30 para vencer, conseguiu acertar um aéreo que levantou a torcida presente na praia de Itaúna. Mas na média das notas dos juízes, ele tirou 9,27 e perdeu por apenas 0,03 para o havaiano. Miguel Pupo ficou em terceiro com 13,40.  Veja como foi a manobra do brasileiro.

Quem decepcionou na primeira fase da etapa de Saquarema do Mundial de Surfe foi Gabriel Medina. O campeão mundial de 2015 competiu na primeira bateria da etapa de Saquarema do Mundial de Surfe e demorou para encontrar boas ondas. O brasileiro chegou a reagir nos minutos finais da bateria, acertando alguns voos, mas suas notas 6.00 e 7.10 não foram suficientes para impedir a vitória do americano Nat Young, que somou 13,84 e garantiu a classificação direta para a terceira fase com uma diferença de 0,74. Veja como foi a participação de Gabriel Medina nesta terça-feira.

Os outros dois brasileiros que terão que disputar a repescagem são Jessé Mendes e Caio Ibelli. O primeiro ficou em segundo na bateria que competiu contra o australiano Josh Kerr, que venceu, e o americano Kolohe Andino, que ficou em terceiro. Já Caio Ibelli ficou em último contra os australianos Julian Wilson e Stuart Kennedy.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Mais em Surfe