Siga o OTD

Isabela Abreu e Danilo Fagundes, atletas do pentatlo moderno

Pentatlo Moderno

Novo calendário da qualificação olímpica deve sair em maio

Por causa da pandemia, União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM) anunciará novo calendário da qualificação olímpica rumo a Tóquio 2020

Isabela Abreu e Danilo Fagundes (Divulgação/CBPM)

Novo calendário da qualificação olímpica deve sair em maio

A União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM) prometeu divulgar em maio o novo calendário da modalidade até os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Por causa da pandemia do novo coronavírus, o circuito da Copa do Mundo deste ano teve que ser cancelado e várias outras provas foram adiadas, assim como a qualificação olímpica.

“A UIPM está em discussões avançadas com o Comitê Olímpico Internacional (COI) sobre o novo sistema de qualificação olímpica do Pentatlo Moderno para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, que serão realizados em 2021”, destacou um porta-voz da federação.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Esperamos chegar a um acordo até o final de abril. O Conselho Executivo da UIPM se reunirá para ratificar o novo processo da qualificação olímpica e as datas da competição, que serão anunciadas em maio”.

Além do cancelamento da Copa do Mundo deste ano, a modalidade também adiou diversas outras competições marcadas para o primeiro semestre do calendário. Dos vários mundiais do pentatlo moderno, aliás, nenhum deles ainda foi realizado e suas datas ainda são incertas.

“Avançaremos o mais rápido possível para fixar datas para todas as competições adiadas por causa da pandemia de COVID-19”, o porta-voz reforçou.

Qualificação olímpica

Uma das competições mais antigas do programa olímpico, o pentatlo moderno reserva 72 vagas para Tóquio, sendo 36 em cada gênero. Estão disponíveis ainda 26 delas, sendo 13 para cada naipe.

Do sistema de qualificação olímpica do pentatlo moderno para os Jogos de Tóquio, apenas a do Mundial deste ano não aconteceu e ainda está sem data definida. O torneio irá classificar seis atletas (três em cada gênero) para a Olimpíada do ano que vem.

16 das outras 20 vagas do Pentatlo Moderno serão definidas via ranking, que está sendo formado desde o ano passado. Felipe Nascimento é o melhor brasileiro (44º) no masculino, enquanto Isabela Abreu (53º) é o destaque no feminino.

Para cada gênero do pentatlo moderno, são permitidos apenas dois atletas por país.

Garantida

Maria Ieda Guimarães não precisa mais se preocupar com a qualificação olímpica para Tóquio 2020. A atleta já garantiu sua vaga após terminar no quarto lugar dos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, que distribuiu cinco vagas para cada gênero do pentatlo moderno.

Maria Ieda Guimarães já garantiu sua qualificação olímpica para Tóquio 2020 e não depende de novo calendário pós-pandemia
Maria Ieda Guimarães em ação durante os Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 – (Instagram/iedaguimaraess)

Mais em Pentatlo Moderno