Siga o OTD

Paralímpicos

Bicampeão paralímpico, Zanardi sofre acidente; estado é grave

Zanardi perdeu o controle de sua bicicleta, invadiu a contramão e bateu em um caminhão. Ele passou por duas cirurgias e está na UTI

Zanardi - Acidente
Zanardi é bicampeão paralímpico (Instagram/zanardiofficial)

Bicampeão paralímpico de ciclismo, Alessandro Zanardi sofreu um grave acidente nesta sexta-feira (19) durante uma espécie de festival na região de Siena na Itália, para celebrar o renascimento do país após a crise da pandemia de coronavírus.

De acordo com o jornal “Gazzetta dello Sport”, Zanardi teria perdido o controle da sua bicicleta durante uma descida, invadido a contramão e acabou batendo em um caminhão. O atleta sofreu múltiplos traumatismos e foi levado para o hospital Le Scotte de helicóptero.

Segundo o último boletim médico do hospital, Zanardi passou por dois procedimentos cirúrgicos devido a um traumatismo craniano, que duraram quase três horas. Neste momento, ele está na UTI, ainda em estado grave. 

Por volta das 21h local (16h de Brasília), a esposa de Zanardi, Daniela, chegou ao hospital com seu irmão e uma sobrinha, mas não quis dar entrevistas.

Mundo do esporte se solidariza com Zanardi

Logo após a notícia do acidente, várias personalidades do mundo esportivo se manisfestaram, mandando força para Zanardi e seus familiares. Uma das primeiras foi a campeã olímpica na natação Federica Pellegrini: “Força, Alex… agora é hora de dar tudo”.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, e a cidade de Bologna, postaram mensagens dizendo que “toda a Itália luta com você”.

Carreira de Zanardi

Antes de entrar para o ciclismo paralímpico, Alessandro Zanardi teve passagem discreta pela Fórmula 1. Na sequência, e destacou na CART, uma categoria dissidente da Indy, sendo bicampeão em 1997 e 1998.

Em 2001, no entanto, ele sofreu um outro grave acidente, quando bateu no muro e ficou atravessado na pista. Zanardi foi atingido em cheio pelo carro do canadense Alex Tagliani e teve as pernas comprometidas. Foi submetido a diversas cirurgias precisou amputá-las acima do joelho. Assim, em 2007 ele começou a competir no paraciclismo.

Em Londres-2012, Zanardi conquistou três medalhas (duas de ouro e uma de prata) e se tornando o maior campeão do ciclismo paralímpico. Na Rio-2016, ele repetiu o feito repetiu o feito, faturando o mesmo número de medalhas que nos jogos passados, totalizando quatro ouros e duas pratas em Paralimpíadas.

Mais em Paralímpicos