Siga o OTD

Paralimpíada Todo Dia

Meeting Paralímpico no Rio terá 150 atletas e três medalhistas em Tóquio

Mariana Gesteira, Wallace Santos e Douglas Matera disputam evento no Rio de Janeiro neste final de semana

(Miriam Jeske/CPB/arquivo)

Em sua quarta parada pelo Brasil, o Meeting Paralímpico chega ao Rio de Janeiro neste sábado, 16, com disputas de atletismo e natação no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN).  Ao todo, 165 atletas (88 do atletismo e 77 da natação) de 20 clubes, do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Paraná, participarão das competições que têm caráter regional.     

Dentre os atletas inscritos no Meeting Paralímpico, estão três medalhistas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio: Wallace Santos, ouro no arremesso de peso F55, e os nadadores Mariana Gesteira, bronze nos 100m livre S9, e Douglas Matera, prata no revezamento misto 4x100m livre 49 pontos (para deficientes visuais).   

+ Ádria Santos lança instituto para levar esporte à crianças carentes e com deficiência

Para Wallace Santos, o desejo de competir é constante, mesmo após os Jogos Paralímpicos. “Eu sou fominha, gosto de competir com frequência, de sentir a adrenalina da competição. Ficamos sem competições nacionais por muito tempo, tem hora que só treinar fica um pouco chato, gosto de competir. Quanto mais competições melhor”, contou o arremessador, inscrito no Meeting Paralímpico. 

“Eu senti muita falta de competir nesse quase dois anos. Nesse ano eu aprendi a me divertir competindo, então eu vou participar do Meeting para me divertir e agora ainda mais leve. Eu amava treinar, mas odiava competir, eu tinha medo. Esse ano, eu aprendi que eu gosto tanto quanto e a tirar o melhor de cada disputa”, relatou a nadadora Mariana Gesteira (classe S9).

Outros grandes nomes do paradesporto nacional também estarão presentes no Meeting Paralímpico: Fábio Bordignon (prata nos 100m e 200m nos Jogos Rio 2016), Tuany Barbosa (prata no arremesso de peso nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019), Vítor de Jesus (prata nos 200m no Mundial de atletismo em Dubai 2019), Camille Rodrigues (ouro nos 400m livre nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto 2015) e Thomaz Matera (ouro nos 100m livre e 100m borboleta no Mundial de natação no México 2017).

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

O Meeting Paralímpico já passou por Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba. Até dezembro, 16 cidades brasileiras receberão ao menos uma etapa do evento com provas de atletismo, halterofilismo e/ou natação, 

Mais em Paralimpíada Todo Dia