Siga o OTD

Hipismo

Stephan Barcha brilha no GP Cidade do Rio de Janeiro

Cavaleiro vence as provas a 1.40 e 1.30 metro no segundo dia da tradicional competição nacional

Emerson Emerim

Stephan Barcha brilha no GP Cidade do Rio de Janeiro

Não teve para mais ninguém no segundo dia de provas na pista Roberto Marinho. O cavaleiro olímpico do Brasil e cria da casa, Stephan Barcha, voou baixo na pista nesta sexta-feira, 30/11, e foi o mais rápido dos 25 conjuntos que voltaram para a segunda volta da prova, a 1.40 metro, principal da série internacional do 40º GP de Hipismo Cidade do Rio de Janeiro, na Sociedade Hípica Brasileira.

O desempate, além de muito disputado até o final, teve direito a duelo de cavaleiros olímpicos. José Roberto Reynoso Fernandez com Crizwood Jmen tinha cruzado a bandeirola final num excepcional tempo 36s84 sem faltas. Parecia impossível bater essa marca. Não para Chevaux Zilverstone, o parceiro campeão de velocidade de Barcha parando o cronômetro em 36s5. Em 3º lugar chegou outro cavaleiro da casa, Thiago Mattos montando Wieta do Santo Antonio, em 3819.

De quebra, Stephan também levou o melhor prêmio da prova de 1.30m com Chevaux Unforgetable, que vinha apenas treinando. “O Unforgetable estava sem saltar prova há muito tempo. Saltei apenas esta pista com ele pois é o tipo de cavalo que precisa andar mais rápido, de vez em quando.”

Já o Zilverstone, vencedor da série internacional, é o mais rápido do Brasil, segundo Barcha. “ Não tem para ele. Ele vem de vitória do GP de hipismo do Chuin na Bahia e já ganhou várias provas de 1.40m. Ele é imbatível no tempo”, explicou o campeão. No Grande Prêmio deste domingo, 2/12, Stephan vai competir com Zilverstone e com Quisling de Joter, com o qual também zerou a primeira volta mas preferiu não voltar no desempate e poupá-lo para a prova principal.

Neste sábado, 1/12, continuam as provas das series nacionais e, no domingo, além das finais nacionais, o grande destaque é o Grande Prêmio Cidade do Rio de Janeiro, a partir das 14 hrs, com percursos armados pelo desenhador internacional Hélio Pessoa, e que lança o Troféu Perpétuo Nelson Pessoa.

O vencedor da prova leva para casa uma réplica do prêmio que reproduz o recorde de salto em muro de 2,33 de Neco com a lendária Miss Moet e inscreve o nome no Troféu Perpetuo que ficará em frente às pistas da Hípica.

Mais em Hipismo