Siga o OTD

Handebol

Mayssa não acredita que quartas da Champions será cancelada

Goleira brasileira revela ao OTD um motivo que deve pressionar a EHF a realizar as partidas dois dias antes do Final Four, marcado para setembro

Por conta da pandemia do novo coronavírus, as quartas de final da Champions League de handebol feminina podem não acontecer. Isso porque na última sexta-feira (24), a Federação Europeia (EHF) tomou uma série de decisões que podem prejudicar quatro times, incluindo, o Rostov, da Rússia, atual vice-campeão da competição e que conta com a brasileira Mayssa Pessoa no elenco.

Em entrevista ao Olimpíada Todo Dia, a goleira explicou a situação e como está o seu sentimento e o de suas companheiras de equipe nesse momento.

Entenda a situação

A fase de grupos da Champions League, chamada de Main Round, terminou nos dias 7 e 8 de março. As quatro melhores equipe dos dois grupos com seis integrantes em cada avançou às oitavas de final, colocando em disputa os melhores de cada chave com os quartos colocados e os segundos com os terceiros.

(reprodução EHF)

Assim sendo, os duelos das quartas seriam os seguintes: o atual tricampeão Gyori, de Duda Amorim, enfrentaria o CSM Bucaresti, da Romênia. O Metz, da França, encararia o SCM Râmnicu Vâlcea, da Romênia; o Team Esbjerg, da Dinamarca, pegaria o Budućnost, da Macedônia, e o Brest Bretagne, da França, pegaria o time russo de Mayssa Pessoa.

A partida de ida das quartas ocorreria entre os dias 3 e 5 de abril, uma semana antes dos jogos da volta, na casa dos times de melhor campanha. Quando a pandemia atingiu a Europa, a EHF adiou os jogos para junho.

+ FEDERAÇÃO DEFINE NOVAS DATAS PARA OS PRÉ-OLÍMPICOS

Na sexta-feira (24), como dito, a entidade anunciou que os jogos foram cancelados, mas que estão tentando realiza-los em partida única, sem a presença de público, dois dias antes do Final Four (nome dado às semifinais da Champions), que acontece em Budapeste, na Hungria, entre os dias 5 e 6 de setembro.

E se, de fato, cancelar?

Se a possibilidade das quartas de final ocorrerem em partida única e sem público não ocorrer, a EHF determinou que será realizado somente o Final Four, com os vencedores e segundos colocados nos grupos do Main Round como participantes. 

Estariam classificados portanto GyöriBrest Bretagne, Metz e Esbjerg.

Rostov, Buducnost, CSM Bucaresti e SCM Râmnicu Vâlcea seriam eliminados, o que seria uma grande injustiça. Para se ter uma ideia, das 10 maiores artilheiras da competição até aqui, quatro pertencem a esses quatro times, incluindo a montenegrina Jovanka Radicevic (do Buducnost), líder em gols até aqui com 98 no total.

Mayssa Pessoa não acredita que EHF cancele as quartas de final da Champions
Se as quartas de final forem canceladas, apenas quatro das 10 maiores artilheiras até aqui disputariam o Final Four

Rostov, de Mayssa, ficou em terceiro lugar no grupo um atrás de Metz e Esberg, apenas nos critérios de desempate. Se a equipe tivesse marcado 10 gols a mais na competição, por exemplo, teria sido líder do grupo e estaria garantida no Final Four.

Mayssa Pessoa, do Rostov, não acredita que EHF cancele as quartas de final da Champions League
Rostov marcou menos gols que o Esbjerg e ficou em terceiro.(reprodução EHF)

“Não vai acontecer”

Segundo Mayssa, as chances desse cancelamento acontecer são pequenas. A goleira vice-campeã da Europa com o Rostov no ano passado revelou ao OTD que há um motivo por trás para que isso não ocorra e que deve fazer a EHF se virar para marcar as quartas de final em jogo único na Hungria no dia 3 de setembro.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

“Se tentarem fazer com que só quatro equipes avancem direto ao Final Four, acabará a Champions League sem jogos e sem um campeão. Isso porque o maior e principal patrocinador da competição é a Delo, e o presidente da empresa é russo e também preside a Federação Russa. Ele falou que a nossa equipe tem que disputar as quartas antes do Final Four,” explicou Mayssa, referindo-se ao russo Sergey Shishkarev.

Sergey Shishkarev: Presidente da Delo, da Federação de Handebol russa e do Rostov
Sergey Shishkarev: Presidente da Delo e da Federação de Handebol russa (divulgação site pessoal)

Isso pode explicar o porquê da EHF estar fazendo esforços realizar os jogos das quartas de final somente na Champions feminina. Na masculina, o torneio irá direto ao Final Four, de acordo com a nota publicada na última sexta-feira.

“A informação que passaram é que [as quartas de final] serão em setembro. Se eles [a EHF] não fizerem em setembro, tentarão em outubro. Caso vá direto pro Final Four, podem perder o principal patrocinador. E eles [a EHF] não conseguirão organizar sozinhos por conta dos gastos,” completa Mayssa.

Estranho, mas é o que tem

Se as quartas de final ocorrerem antes do Final Four em Budapeste como Mayssa, o Rostov e boa parte dos fãs de handebol querem, a partida contra o Brest Bretagne ocorrerá longe da Rússia, e muito provavelmente sem público. Mayssa concluiu dizendo que isso seria uma experiência diferente, mas que não há outra alternativa no momento.

“É estranho mas não tem opções, essa é a única que existe. E talvez nem ocorra nenhum jogo nem no masculino nem no feminino. Colocaram em setembro porque acreditam que o vírus estará com menos força na Europa. Mas nós não sabemos; até agora não existe vacina contra a Covid 19, não dá pra saber nada do futuro,” finalizou Mayssa.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Handebol