Siga o OTD

Ciclismo Estrada

Melhor ciclista olímpica do Brasil terá tecnologia japonesa em sua bicicleta

Se o ano da ciclista Flavia Oliveira é histórico por ela ter conquistado a melhor colocação brasileira no ciclismo de estrada nas Olimpíadas, com o sétimo lugar na Rio 2016, a carioca de 34 anos tem mais um motivo para sentir-se especial. Flavinha agora faz parte do seleto grupo de atletas apoiados pela marca japonesa no País, e utilizará alguns dos melhores componentes do mundo para a prática do esporte produzidos.

Sua bike Specialized S-Works Amira estará equipada com o grupo Shimano Dura-Ace Di2 de troca de marchas eletrônica, com alta precisão e velocidade em todas as condições e situações. Para as provas de Contrarrelógio, Flavinha terá ainda as rodas PRO TeXtreme 3 Spoke tubular de carbono, com perfeita aerodinâmica, baixo peso e alta rigidez lateral. Ou seja, a combinação perfeita para a ciclista ser o mais veloz possível no pelotão mundial.

“Quem acompanha os esforços do marketing esportivo da Shimano sabe que estamos sempre buscando investir, impulsionar e popularizar cada vez mais o ciclismo em todas as suas modalidades. Apoiamos eventos, patrocinamos equipes, atletas e ajudamos na promoção e visibilidade do esporte. Então, nada faz mais sentido do que estarmos com a ciclista que obteve um resultado histórico para o ciclismo brasileiro em uma olimpíada”, exalta Rogerio Tancredi, gerente de marketing da Shimano Latin America.

“Faz ainda mais sentido para nós que estamos promovendo o ciclismo feminino em toda a América Latina, seja com a equipe Shimano Ladies Power, ou por meio de ações como palestras, eventos etc”, conta Tancredi. “Torcemos para que ela tenha muitas vitórias nas principais competições do circuito mundial, agora usando o Dura-Ace Di2 no seu dia-a-dia e tendo à disposição para as etapas de Contrarrelógio a PRO TeXtreme 3 Spoke, roda de qualidade indiscutível e alto desempenho”, conclui o gerente da marca.

Além de fazer história para o Brasil nos Jogos Olímpicos, Flavia Oliveira vive seu melhor momento na carreira. A atleta conquistou nesta temporada títulos inéditos como o Tour de Ardeche, na França, em setembro, e Tour Internacional da República Tcheca, em agosto. Flavinha ainda foi vice-campeonato do Giro della Toscana, na Itália, também em setembro, e garantiu o vice-campeonato do Tour da Polônia, no mês anterior.

Mais em Ciclismo Estrada

viagra